COT1 OA FT Homenagem
|...ÍNDICE...|...APRESENTAÇÃO...| ...AUTORES...| ...CAPÍTULO 12...| ...COMENTÁRIOS...| ...ARTIGOS ...| ...DIVERSOS...|

página atual: artigos > negociação em eventos críticos

Subletalidade

"O TIME DE NEGOCIAÇÃO DE INCIDENTE CRÍTICO DO FBI"


Autores: James M. Botting, Frederick J. Lanceley, Gary W. Noesner.*
Tradução: Ten. Onierbeth Elias de Oliveira (PMPB)


Introdução

No início dos anos 80, o País testemunhou um aumento no número de incidentes longos com reféns e também com suspeitos barricados. Por exemplo, membros da Nação Ariana criaram uma situação de barricada em Whidbey Island, Washington, em dezembro de 1984. um pouco antes, um pequeno grupo que defendia a sobrevivência do capitalismo conhecido como a promessa, a espada e o braço do Senhor foi envolvido num incidente similar no Arkansas. Os negociadores de reféns do FBI resolveram com sucesso estes e outros incidentes, mas os incidentes desafiaram a capacidade de negociação de crises do FBI e apontou a necessidade de um mecanismo especial de resposta.

Como resultado, a Unidade de Gerenciamento de Crises (CMU) na Academia do FBI desenvolveu uma nova maneira de lidar com crises. Em 1985 a CMU formou o Time de Negociação de Incidente Crítico (CINT), pequeno, altamente treinado e móvel grupo de negociadores experientes do FBI. Esse grupo tornou-se um núcleo de uma resposta organizada para incidentes complexos e potencialmente longos envolvendo reféns e barricados nacionalmente.

O FBI tipicamente negocia aproximadamente 45 incidentes envolvendo roubos à bancos e reféns seqüestrados anualmente. A riqueza de conhecimento desenvolvida em virtude destes incidentes, aliada às lições aprendidas de outras agências de execução da lei, preparam os membros do CINT para lidar com incidentes de alto risco. Além de lidar com situações que surgem sob a área de jurisdição do FBI, o CINT provém consultas diuturnas para agências locais e estaduais de execução da lei.

 

 

* James M. Botting, Agente Especial da Divisão do FBI de Los Angeles.
Frederick J. Lanceley, Agente Especial aposentado anteriormente empregado na Unidade de Gerenciamento de Crises.
Gary W. Noesner, Agente Especial do Grupo de Resposta a Incidentes Críticos da Unidade de Gerenciamento de Crises do FBI.

 

Fonte: BOTTING, James M., LANCELEY, Frederick J.,GARY, W. Noesner. THE FBI’S CRITICAL INCIDENTE NEGOTIATION TEAM. Trad. Onierbeth Elias de Oliveira. FBI Law Enforcement Bulletin. n. 64. Washington: April 1995.


| Voltar |

 

© 2015 FABIANO TOMAZI | Todos os direitos reservados | ft@fabianotomazi.com.br