COT1 OA FT Homenagem
|...ÍNDICE...|...APRESENTAÇÃO...| ...AUTORES...| ...CAPÍTULO 12...| ...COMENTÁRIOS...| ...ARTIGOS ...| ...DIVERSOS...|

Comentarios

página atual: comentários

 


Charlie Oscar Tango. Não poderia ser outro o título desse livro escrito por Eduardo Betini e Fabiano Tomazi que, com a profundeza necessária, coloca o leitor por dentro de toda complexidade que envolve as atividades dos policiais que atuam no Grupo de Operações Especiais da Polícia Federal. Os bastidores dos treinamentos, os casos concretos, a adrenalina das missões fazem com que o leitor não consiga deixar de lado a leitura desse livro que, certamente, passará a ser referência nacional e internacional sobre o assunto. Muito pouco se tem discutido sobre o profissional de operações especiais, que dedica sua vida aos treinamentos para manter em segurança a nossa sociedade. Esse livro vem a preencher essa lacuna, permitindo, aos demais policiais, como também ao público em geral, que tomem conhecimento da seriedade do trabalho desenvolvido, principalmente, pela Polícia Federal. Ficam registrados, aqui, os meus agradecimentos aos policiais federais Betini e Tomazi que, com maestria, souberam trazer para dentro do texto aquilo que existe de mais importante e atual sobre Operações Especiais.”

Rogério Greco
Procurador de Justiça

 

Ser cotiano é ser herói, mas não aquele herói em quadrinhos, e sim aquele anônimo, de carne e osso, forjado desde o início de sua inclusão na unidade. É aquele que treina à exaustão e mantém sua família em segundo plano. É aquele que coloca sua própria vida em constante risco, pelo puro prazer de salvar a de seu semelhante. Não há, para o cotiano, alegria maior que resgatar e salvar vidas, mesmo que isso enseje o perigo do sacrifício de sua própria existência. A mesma adrenalina é despejada no sangue quando se prende criminosos, usando-se táticas e técnicas especiais pouco convencionais, em operações muito bem delineadas neste livro. E de onde vem toda essa energia e disposição? Não pode ser da mente, pois estaríamos diante de confrontação com a razão; tampouco oriunda somente do dever de ofício. Acredito vir do coração, da vocação policial e na intenção de querer sempre algo melhor para sociedade. O livro, narrado por dois verdadeiros heróis, mostra isso, uma vida dedicada à carreira policial e à mercê de todas as intempéries da violência que convivemos no dia-a-dia em nosso país.”

Rogério Giampaoli
Delegado de Polícia Federal
Coordenador do COT

 

O trabalho em equipe aumenta as chances de sucesso de qualquer missão. Charlie Oscar Tango, é prova de que quando pessoas se unem com um mesmo objetivo, sejam quais forem os obstáculos, sempre alcançam o resultado esperado. Betini e Tomazi, operadores exemplares, apresentam neste livro, de forma simples e fiel, um pouco sobre o histórico, o processo seletivo, a rotina e a diversidade das operações realizadas pelo Comando de Operações Táticas, grupo especial da Polícia Federal. Que esta Obra, mais que um registro de situações vividas, sirva para que qualquer cidadão tenha uma idéia do profissionalismo e seriedade com que essa Tropa encara as missões a ela determinadas. Tenho certeza de que o leitor, privilegiado, entenderá o espírito que move esses guerreiros e o lema gravado em suas almas: À pátria, a vida; ao DPF, o COT.”


Marcos Ferreira dos Santos
Delegado de Polícia Federal
Chefe de Operações do COT

 

A presente obra é a representação do esforço, da dedicação, da paciência para sistematizar e, com isso, eternizar a sagrada obra de fazer polícia em nosso País, de forma profissional e competente. Cada capítulo, cada história, cada depoimento, representa o sentimento não só dos autores, mas da grande maioria dos Policiais Federais que fazem, com amor e dedicação, o seu trabalho diuturno. Por isso, algumas recomendações: se lido por policiais deve ser encarado como um incentivo para que iniciem a sistematização de suas próprias experiências e as tornem públicas, para que, cada vez mais, nós, policiais do Brasil, possamos assumir nossa missão e condição de pedagogos da cidadania; se lido pela cidadania em geral deve ser encarado como um relato fiel de nossas lutas, angústias, vitórias e, por que não, fracassos! Eis porque sua leitura será de grande importância àqueles que pensam em ingressar na carreira Polícial Federal, porquanto retrata como nós, Policiais Federais, temos buscado fortalecer nosso ethos institucional baseados em uma atuação ética e moral, que se funda no amor à Pátria e no respeito à dignidade da pessoa humana. E a história do COT, aqui fielmente retratada, me faz ter orgulho em fazer parte dessa família chamada Polícia Federal!”

Pehkx Jones
Escrivão de Polícia Federal
Classe Especial



"Li o livro em dois dias... Fantástico! Uma narrativa empolgante, que nos transporta para dentro das missões. Parabéns ao Betini e ao Tomazi por esse trabalho muito bem feito. Agora na expectativa da continuação. Um abraço aos autores.”

Anderson da Silva
Em 10/10/2009.

 

"Como cidadã brasileira, sempre tive imensa curiosidade a respeito das operações táticas da Polícia Federal, certa de que o mesmo acontece com muitas outras pessoas, justamente pelo fato de se tratar de um grupo altamente respeitável que se disponibiliza dignamente no cumprimento do exercício de suas missões. Abnegados e incansáveis guerreiros da nossa tão amada nação Brasil! Aos autores votos de sucesso. Parabéns!" 

Marilene Goulart M. Vieira
Em 10/10/2009.

 

"Grande iniciativa e um belo trabalho. O livro empolgou e me fez acreditar ainda mais na Polícia Federal. Espero que outras pessoas tenham o prazer dessa leitura. Parabéns aos autores e à literatura brasileira." 

Karoline M. de Lemos
Em 10/10/2009.

 

"Sem dúvida alguma um marco na bibliografia policial brasileira, reflexo da seriedade e competência do nosso Departamento de Policia Federal. Congratulações aos amigos Tomazi e Betini, fizeram história!" 

Marko Barbosa
Em 10/10/2009.

 

"Parabéns, amados e protegidos de JESUS!! Sempre admirei o bom trabalho, assim como o bom combate daqueles que colaboram para o BEM de todos. Que a Luz do Altíssimo Criador Nosso DEUS seja a mesma luz para os seus pés, para que não se desviem nem para a direita e nem para a esquerda evitando as astúcias do inimigo, mas sempre adiante para o caminho do Bom Combate." 

Kelly Christina Rodrigues
Em 12/10/2009.

 

"O aluno 08, terá uma grande recompensa ao final de uma missão, luz de velas, o aluno 14, sairá do Grupo de Intervenção e entrará para o de Snipers também, a partir daí o leitor terá um livro cujas veias saltam, e você reage a cada comentário. Eu poderia dissertar ESAIA e ESAB aqui, balística interna, externa e terminal, porém seria muito técnico, e ninguém vibraria. Fui num crescendo (não - nunca leio o livro na ordem dos capitulos), em duas horas tinha lido, e depois por mais horas fui pavimentando, tentando entender porque o aluno 08 e o 14 escolheram algumas palavras. Fui vendo um Master, de MBA na mão, abrindo mão disso, e vi um plantador de tomate ( que eu planto e nunca nasce nada ), dissernir sobre a vida, derrepente, vcs passam a viver a vida destes dois, e porque não falar, de todos cotianos, ... o 32 ... cada um deles, mas ... Hoje, vou só falar de um cara aqui, PARABENS 21 - WILSON SANTANA, guerreiros nunca dizem adeus, dizem até logo parceiro, te vejo no céu, in memorian, COEsP 2006! SEMPER FI GUNNYs." 

Surfistaweb 3D
Em 12/10/2009.

 

"Estou lendo o livro e até agora está cada vez mais surpreendente, gostaria de PARABENIZAR aos autores do livro Betini e Tomazi pela iniciativa de mostrar ao público como é ser um membro do maior grupo de elite do Brasil. Desejo muito sucesso aos dois e espero ve-los em sampa no lançamento do livro. Um grande abraço." 

Diego A. De Melo
Em 12/10/2009.

 

"Quem são os homens de unidades de operações especiais? A resposta esta no dia a dia de suas operações, pois eles trabalham acima da média, não medem esforços para cumprir a mais simples missões, não aceitam erros, as ações são meticulosas e objetivas, a lentidão e o corpo mole não transitam por esses seletos grupos. O treinamento, a tática e o planejamento técnico viram a constante de suas ações. É nessa linguagem universal de operações especiais, que esses grupos se encontram em defesa da sociedade e em combate ao mal social despidos de insígneas, patentes, cargos e funções. É ainda nessa mesma linguagem universal que paramos nossa humilde rotina para parabenizar a transformação de todo esse universo em texto, em letras, em registro, em livro. Parabéns!" 

Tenente Napoleão
Batalhão de Operações Especiais - PMDF
Em 14/10/2009.


"Charlie Oscar Tango nos remete pedagogicamente a um conceito bem estruturado de como fazer Policia Operacional no Brasil. Diante dos constantes desafios políticos e na área de segurança pública, nosso País se destaca na formação dos melhores Agentes e homens de campo do planeta, seja na inteligencia ou na linha de frente. Destarte o Comando de Operações Táticas da Policia Federal do Brasil, oferece a resposta que somente um pais com a envergadura politico-estratégica como o nosso, deve ter, não apenas na América Latina mas para o Mundo." 

Paulo Roberto Camera Vertikal
Ex Militar do Exército Brasileiro - Ex DEA/AL USA
Em 16/10/2009.


"Charlie Oscar Tango é uma obra fascinante que prende a atenção do leitor e o faz vibrar da primeira à última página. Os autores convidam o leitor a discutir sobre diversos assuntos sobre sociedade e segurança, são descritas diversas informações sobre o Grupo de Operações Especiais da Polícia Federal, o COT (Comando de Operações Táticas), tais como histórico, estrutura, treinamentos, principais grupos, ect. E o leitor tem a oportunidade única de participar de algumas das inúmeras operações nas quais o COT participou, com uma riqueza de detalhes que o leitor irá sentir como se estivesse participado de toda a operação, desde a convocação do grupo até o desfecho, participando das mais diversas dificuldades , momentos e emoções boas e ruins, enfrentadas pelo grupo. Após a leitura deste livro a sua admiração e respeito pela Polícia Federal e em especial aos guerreiros do nobre COT, com certeza aumentará, uma vez que até ler este livro não temos a mínima idéia de tudo que estes guerreiros abrem mão, tais como passar alguns dias sem dormir, passar frio e calor extremos, passar até 8 meses viajando sem ver a família, deixando de participar de momentos importantes e marcantes ela, e diversos outros, com o único objetivo de defender a nossa sociedade e garantir os interesses do nosso País. 'Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez.' - Jean Cocteau. Força e Honra Guerreiros e que Deus continue lhes guiando e protegendo! Ótima Leitura a todos!" 

Gabriel Ikeda
Em 18/10/2009.

 

"Meu amigo e camarada Caveira, nós sabemos o que passamos, somos de cursos diferentes, mas do mesmo curso: Caveira PMERJ-BOPE. É um prazer te-lo como um grande amigo e defensor da Polícia Militar no Brasil... Eu queria estar ali também lutando com aqueles irmãos de farda, porque somos policiais, não interessa se sou PM e você Federal ou Civil. Estamos todos nessa batalha... Devemos sim nos unir para lutar por um país melhor em defesa da nossa sociedade, que nem ao menos reconhece quem são aqueles que morreram lutando por um país onde a desigualdade social é muito grande. No mais termino aqui com meus pêsames aos familiares desses heróis anônimos! Força e Honra e que Deus continue sempre te abençoando, ao Brasil e a todos os seus policiais! Mesmo ainda que a morte nos caiba, saberemos com honra morrer!" 

Emerson Faria
CAV174 - BOPE/PMERJ
Em 18/10/2009.

 

"Ainda estou lendo o livro e já gostaria de parabenizar os autores por essa conquista. Sei o quanto é difícil no Brasil concretizar projetos de vida, fazer as ideias ganharem vida. Realmente, vencer a inércia não é tarefa fácil. Tenho convicção de que essa obra irá inspirar um sem número de jovens que ainda acreditam na possibilidade de transformar o Brasil numa nação mais digna, com menos desigualdades e com instituições fortes e de respeito, como a Polícia Federal. É muito bom saber que por trás da vestimenta de um 'OE' há um ser humano, com sólida formação intelectual, sonhos, esperanças e amor pelo seu ofício. Estou orgulhoso de vocês." 

Robson Borges Maia
Em 19/10/2009.

 

"Caro Betini, sobre seu artigo contemplando a morte dos colegas policiais militares, estou motivado em lhe parabenizar sobre a abordagem, especialmente no que diz respeito à remuneração, muito aquém das necessidades básicas e da função nobre por eles exercida. Enquanto segurança pública for política pública coordenada por 'ólogos' e não transpor a mera transitoriedade de governos, estaremos inseridos neste caos urbano que, a priori, revela a falência do próprio Estado. Abraços." 

Waldir Jorge Pelarico Junior
Delegado de Polícia Civil em MG
Em 20/10/2009.

 

" 'Reconhecimento pertence somente àquele que relamente está na arena, cuja face está suja de poeira, de suor e sangue e que conhece o grande entusiasmo, a grande devoção de se dedicar a uma causa valorosa; àquele que, na melhor das hipóteses, quando vence, conhece a intensa vibração daquela grande conquista e se falha, ao menos falha enquanto ousa grandemente, de forma que esse sentimento nunca deve ser concedido àquelas insossas e tímidas almas que desconhecem tanto a vitória quanto a derrota. Theodore Roosevelt
Parabéns, colegas! O país agradece a generosidade atestada nesse trabalho que instrui e educa, quando informa e estimula. Abraços"  

Herald
Em 21/10/2009.

 

"Parabenizo os colegas Eduardo Betini e Fabiano Tomazi, Agentes de Polícia Federal, especialistas do Comando de Operações Táticas, pelo lançamento do livro CHARLIE.OSCAR.TANGO! Iniciativas como esta reforçam o sentido de coesão entre a Família Policial Federal e incentivam a formação da memória institucional. É um orgulho poder exibir a obra e afirmar a todos que, um dia, tive o prazer de conviver com seus Autores. Parabéns!" 

Angelo Salignac
Perito Criminal Federal
Em 22/10/2009.

 

"Ao grande amigo Tomazi, parabenizo-o com aclamação por esta grande conquista. Acompanhei sua batalha e dedicação para o término desta obra, o sucesso era certo. Fique com Deus por aí." 

Maurício Lemos
Em 23/10/2009.

 

"É com muita satisfação, orgulho e honra que venho parabenizar Betini e Tomazi por este livro sensacional. Após ler esta obra de arte, fiquei ainda mais motivado para a realização de um sonho que é fazer parte do COT. Fazer parte desta equipe fantástica, na minha humilde opinião é ser anjo de Deus aqui Terra e levar a paz às pessoas de bem. Que Deus continue a cada dia iluminando a caminhada de vocês e de todos os HERÓIS FEDERAIS do nosso imenso Brasil." 

Fabiano Hidalgo
Em 23/10/2009.

 

"Sem dúvida esse é um dos melhores livros que eu já li. Cada capítulo nos prende do começo ao fim. E vocês nos dão o exemplo de que os obstáculos não são nada na busca da realização profissional. Podem ter certeza que estaremos sempre apoiando vocês. Temos orgulho de ter o COT e de ter policiais como vocês em nosso país. Vocês são mais que heróis. Muito sucesso e que Deus abençoe e proteja vocês em todas as missões que vierem pela frente, seja na vida profissional ou pessoal. Parabéns pelo excelente trabalho. Aguardo ansiosamente pela continuação!" 

Christianne Marchi
Em 24/10/2009.

 

"Estou ansioso para ler a última página deste livro, e sinceramente já sei o final. O livro me chamou a antenção quando estava na internet selecionando algumas referências que me motivavam, afinal de contas o COT sempre foi uma delas, quando me deparei com uma imagem que ainda não tinha visto antes do COT, pois sou designer e me lembraria se tivesse visto uma capa de livro nova sobre o COT, em seguida estava aqui, me fazendo questionar e firmar o que realmente é motivação para mim. tenho certeza que esta questão será solucionada ao final da leitura do livro, pois ela será a chave da porta de entrada não apenas para mim como para muitos para mergulhar de cabeça na certeza do que nos espera." 

Kleber
Em 24/10/2009.

 

"O Livro CHARLES-OSCAR-TANGO é uma prova viva de que a exigência de curso superior para ingresso nos quadros da CARREIRA POLICIAL FEDERAL não foi em vão. Quem, nos idos dos anos 90 viu nessa exigência um mero artifício para elevar os salários e apostou numa leva de policiais fisicamente despreparados para o enfrentamento direto com criminosos, enganou-se redondamente! De certo, os rudimentos da capacitação exigida na seleção dos integrantes dos grupos especiais por muitos anos pareceu, ao menos no imaginário popular, combinar mais com o estereótipo de 'Rambo' do que com o de um refinado 'James Bond'. A força bruta pode e deve ser empregada inteligentemente, e com nível cultural considerável: aos autores, como a seus pares não falta a CORAGEM e o patriotismo. A cada capítulo que se lê do livro, se percebe de imediato que a Polícia Federal brasileira vai gradativamente atingindo um grau de excelência que serve de exemplo a qualquer congênere no mundo. Palpita em cada página a máxima grega do 'mens sana in corpore sano', através das ações e do dia a dia desses 'atenienses espartanos', em que o equilíbrio entre o planejamento operacional e o preparo especial dos que se lançam em ações de maior periculosidade e envergadura CONVERGEM em uma palavra síntese: PROFICIÊNCIA. A proficiência policial que buscamos a cada dia, é o mínimo que podemos oferecer ás famílias e cidadãos de bem dessa nossa Pátria chamada Brasil. Mais uma vez, parabéns Nobres colegas: FORÇA e HONRA! Temos muito orgulho de vocês." 

Marcelo Baeta Miranda
Agente de Polícia Federal - Classe Especial
Representante do Sindicato dos Policiais Federais de Minas Gerais (SINPEF-MG) em Juiz de Fora/MG
Em 25/10/2009.

 

"É com uma feliz surpresa e satisfação que li sobre o lançamento do livro COT - Charlie.Oscar.Tango na intranet do DPF, pois retrata o grande potencial operacional e, sobretudo, intelectual de policiais cuja dedicação ao trabalho beira o sacerdócio. Num país com rara literatura policial, iniciativas assim contribuem para o sucesso profissional, uma vez que nesta atividade os policiais aprendem melhor uns com os outros! Parabéns pelo livro e sucesso!" 

APF Humberto Wendling
Instrutor de Armamento e Tiro
Delegacia de Polícia Federal em Uberlândia/MG

Em 25/10/2009.

 

"Comecei a ler o livro ontem e segui até o capítulo 12. EXCELENTE!!! Em alguns momentos (principalmente na descrição da trajetório do ingresso no DPF) relembrei como foi no meu caso. É leitura obrigatório para quem está na ativa e precisa 'reciclar' um pouco a visão que tem do DPF e do trabalho policial. Com certeza dará um ânimo novo para quem anda meio desanimado com alguns problemas internos. E quem ainda pensa em ingressar na carreira não pode deixar de se imaginar no trabalho através dos olhos daqueles que convivem diariamente com a atividade. Deve ser o primeiro livro a ser lido antes dos livros teóricos para o concurso. Quando terminar a segunda parte do livro postarei novos comentários. Parabéns Tomazi (que tive o grande prazer de conhecer e trabalhar na mesma lotação no início da carreira) e Betini pela qualidade do conteúdo que nos apresenta e pelo comprometimento com que servem ao DPF. Sucesso na carreira e na venda dos livros (que deve se esgotar rapidamente). Estamos no aguardo da continuação (e do filme!!!)." 

Marcos Paulino
Em 25/10/2009.

 

"ACABEI!!!! Eu já falei que o livro era leitura obrigatória tanto para quem já é da casa e principalmente para quem quer entrar? Acho que sim, e agora que terminei a segunda metade do livro (das operações), volto a afirmar com mais ênfase ainda. Sensacional o livro. Descrição muito boa dos trabalho realizados, apresentando a realidade das diversas situações encontradas no dia a dia, mesmo por quem não pertence ao COT. Em todos os capítulos encontramos uma ou outra situação parecida com alguma experiência que já vivenciamos, como ter que suportar o cansaço, o sono, o tédio, o frio, o calor, a fome ou os alimentos que às vezes nos obrigamos a comer (rs), além das decisões que temos que tomar em poucos instantes. É muito bom ver retratado em um livro as privações e as provações que temos que passar, mesmo que não rotineiramente como os integrantes do COT. E isso é um alerta a quem pretende ingressar no DPF, pois estamos sujeito a todas as situações citadas no livro (é óbvio que não vou falar quais são, rsrsrsrs), mas nem todos terão o treinamento e o preparo adequado como os integrantes do COT. Por isso a necessidade dos servidores das delegacias se reunirem para organizar e cobrar treinamentos constantes, além de cuidar do condiconamento físico (independente do cargo). Além disso, a visão psicológica em relação ao trabalho foi muito bem exposta. É necessário ter um preparo nesse sentido para pode dosar as atitudes corretas nas variáveis encontradas no trabalho. E isso foi muito bem demonstrado durante todo o livro. Parabéns novamente ao TOMAZI e ao BETINI pela grande obra, que acredito que será de grande sucesso de vendas tanto no meio policial quanto para o leitor de um modo geral. Livro de fácil leitura e que vai direto ao ponto que se propôs, não abrindo mão do suspense e da ação necessários a um livro policial. Eu falei que espero ansioso o filme, mas este livro dá um seriado muito melhor do que os que estamos acostumados. E que venha o 02!!!" 

Marcos Paulino
Em 26/10/2009.

 

"Gostaria de deixar registrada a minha, como diria...  Estava me preparando para o lançamento do livro aqui em Cuiabá e o que acontece? De última hora, vocês publicam o dia e hora do lançamento naquela capital. Como fica a minha imensa vontade de ver o livro assinado pelo(s) autor(s)? Conversar? Trocar ideias ou sei lá, tão somente, vê-los... Espero que não façam isso com outras cidades e, principalmente, com dezenas de pessoas que admiram o trabalho dos senhores e que um dia sonham, como vocês sonharam, em ser um PF. Com imenso desapontamento..." 

Katherine Schloigl
Em 27/10/2009.

RESPOSTA DOS AUTORES: Katherine, lamentamos pelo aviso de última hora. Aconteceu que o Betini foi enviado em missão para Cuiabá (ficamos sabendo no domingo), e quisemos aproveitar a oportunidade da visita a sua cidade e fazer um breve lançamento. Na própria página de divulgação avisamos que seria um lançamento expresso, bem simples, só com a presença do Betini. De qualquer forma, ficam aqui registradas as nossas desculpas, e na medida do possível vamos divulgar com maior antecedência os eventos. Um abraço, Fabiano Tomazi.

KATHERINE SCHLOIGL: "Reclamei em público e venho da mesma maneira agradecer tanto ao Betini quanto ao e-mail enviado pelo Tomazi. Agradecer à PF de Cuiabá que também entrou em contato comigo. Fico grata pela consideração e pela boa vontade de vocês... Obrigada."

 

"Boa tarde Tomazi e Betini, venho parabeniza-los pelo excelente trabalho que estão fazendo. Sou admirador do COT, acho super importante o nosso País ter um grupo tão fiel com a Nação e a sociedade como a Polícia Federal (COT), estou bastante ansioso para o lançamento do livro em Brasília. Estarei presente! Abraços!”

Bruno Graco
Em 28/10/2009.

 

"Pode-se afirmar com propriedade que Charlie Oscar Tango é uma obra sem precedentes em nosso país - preenchendo a lacuna de uma leitura pura, relato pessoal e direto de dois grandes profissionais de O.E., sem qualquer intervenção de cunho jornalístico ou poético - satisfazendo leitores como eu, interessados no assunto e grandes admiradores do trabalho árduo desenvolvido por forças de segurança no Brasil e ao redor do mundo. É indispensável, sob a minha ótica, a comparação destes profissionais com os antigos samurais japoneses, pela disciplina, honra, treinamento, honestidade e compromisso para com sua pátria e seu objetivo. Registro aqui, dessa forma, meus parabéns pela grande obra, que logo tornar-se-á um 'best seller' sobre o assunto e que possam vocês em um futuro próximo, presentear os leitores com mais uma obra do gênero. Sucesso!”

Fabio Tadashi "Hashirama"
Em 02/11/2009.

 

"Caros Betini e Tomazi, a cada capítulo que leio do livro, fico mais orgulhoso em pertencer a uma Instituição que, além de provar sua importância e eficiência diariamente, também prova ter, em seus quadros, profissionais que amam a profissão a ponto de utilizarem-se de seus momentos de folga para nos brindar com uma obra tão bem escrita e tão elucidativa, sem cair nos costumeiros deslizes de alguns curiosos que se arvoram em tentar descrever um universo tão singular quanto o dos grupos de operações especiais. Parabéns e contem conosco para uma graaaande divulgação do trabalho de vocês." 

Monteiro
Chefe da DCS/GAB/DG
Em 03/11/2009.

 

"Prezados Betini e Tomazi: Confesso que pouco mais de três anos no sistema, como agente penitenciário estadual, torna qualquer um descrente no sistema e, porque não dizer, incrédulo nos homens. Sem dúvida a vossa obra retrata uma realidade que gostaria fosse a contemplada em todos os momentos da vida dos servidores da justiça. Que este fosse tão somente o conceito conhecido de justiça pelas pessoas que os aplicam. Obrigado por realimentarem a esperança em uma Instituição Íntegra, e, voltarei a laborar para que eu seja contemplado em tê-los como companheiros deste louvável trabalho! Sucesso!" 

Alan Torchi
Em 04/11/2009.

 

"Prezado Betini e Prezado Tomazi, é com imensa satisfação e orgulho de ser Brasileiro que faço de meus dedos neste computador uma homenagem sincera, digna, honrosa e todos atributos necesários a dois jovens PF que dentro da própria repartição não se acomodaram e buscaram algo mais, se tornaram Agentes Especiais do COT porém o espírito, a alma de vocês não cabiam somente ao COT e nos esbaldam com a realidade de um bastidor real, vivido no dia-a-dia, e com isso nos prestigiaram com esta Grande Obra Prima. Vocês não salvam ou protegem vidas em missões, mas sim dão a 160 milhões de brasileiros um gostinho de liberdade, segurança e principalmente que se existe um caminho certo vocês estão Nele. Tenham a certeza de que além das funções profissionais que vocês exercem eu atribuiria apenas mais uma, talvez a mais importante de todas e descrita da seguinte forma: Os anjos de uma Nação. Betini, Tomazi podem ter certeza de algo, se o intuito era abalar as nossas estruturas e dispertar no interior de cada cidadão que o Brasil tem jeito, com certeza vocês fizeram algo além. Parabéns e fiquem com Deus, em todas as Missões de vida destinadas a vocês e a toda equipe do COT, Sempre." 

Arthur Borges Neto
Em 05/11/2009.

 

"Vocês são como o sol que não visa nenhuma recompensa, nenhum elogio, não espera lucro nem fama. Simplesmente Brilham!!! O livro é fascinante e só nos faz ter mais orgulho de ter em nosso país policiais como vocês. Sucesso, prosperidade e que Deus continue iluminando seus caminhos." 

Juliana Pires
Em 05/11/2009.

 

"Parabéns Betini e Tomazi por expor de maneira tão clara essa dura e brava realidade do combate a violência. Cada um de nós cidadãos brasileiros nos sentimos orgulhosos de poder ter pessoas tão honradas lutando e expondo suas próprias vidas na defesa da nossa segurança e do nosso bem estar. O livro é sem dúvida fantástico, mas, mais do que o livro, fantástico mesmo são voces pela atitude e coragem... Deixo aqui registrado, meu mais sincero desejo de que Deus esteja sempre abençoando e protegendo voces e toda essa Corporação que não descansa na luta contra o crime. Parabéns!!!" 

Maria Lucia Kotsifas
Em 09/11/2009.

 

"FORÇA E HONRA, como lutar sem deixar para traz valores fundamentais, e mais como saber a medida exata a ser tomada no momento certo, o mais incrível é que justamente diante de situações adversas, muitos redescobrem o que tem de melhor, a ética, a amizade, a capacidade de criar novas estratégias, fundamentadas na experiência, o talento para promover alianças positivas, o espírito de liderança, a consciência da força que reside no verdadeiro trabalho em equipe, tudo isso aflora quando as circunstâncias exigem, quando se sabe que existe um objetivo maior a ser alcançado, claro que não é fácil abandonar hábitos, costumes, não é fácil adaptar-se aos novos momentos ou usar recursos aos quais não estávamos familiarizados, mas todo GUERREIRO sabe que pessimismo e insegurança, nessa hora só atrapalham, ainda que a ameaça vem de vários lados com agilidade, força, determinação, eles alcançam o resultado, a combinação de energia e inteligência, assim como o equilíbrio entre a razão e emoção, são fundamentais para o sucesso, é uma sensação extremamente agradável, chegar ao fim de uma etapa com a consciência do dever cumprido, e obter a consagração, o respeito de todos, o reconhecimento dos colegas, a admiração das pessoas que amamos, ouvir o próprio nome com orgulho, aquele orgulho de quem viu nos obstáculos a oportunidade de crescer, o orgulho de quem soube enfrentar as turbulências da vida e vencer, o orgulho de ser um VENCEDOR que não abriu mão de seus valores fundamentais e de se superar a cada novo dia. TOMAZI E BETINI, VENCEDORES POR NATUREZA." 

Edvar Robinson Raghe
Em 13/11/2009.

 

"Parabéns aos autores, principalmente meu amigo Fabiano Tomazi, pelo empreendimento de qualidade. Com certeza, resultado de muita luta e esforço. Sucesso à obra de vocês." 

Edson dos Santos Caetano
Em 14/11/2009.

 

"Caros Betini e Tomazi, aguardei com ansiedade juvenil o livro que vocês escreveram e com a certeza de que dentro desta obra, encontraria histórias marcantes sobre a Polícia Federal e suas operações. Só posso descrever que o livro superou, em muito, a expectativa que criei. Tudo, desde os princípios básicos do guerreiro do COT, suas atribuições e as formas variadas de formação e atuação levam-nos a crer que quando o Brasil necessitar, estaremos bem guardados. E as missões? Trabalharam em uma narrativa limpa, sem enrolações de cunho jornalístico, quase que trazendo a ação para o nosso lado. Parece que estamos ali, lado a lado, vivendo as atribulações das missões com vocês. Ainda bem que o nosso país têm vocês. Isso só faz reforçar o desejo e os meus empenhos nos estudos, para quem sabe um dia, participar deste tão honroso departamento chamado POLÍCIA FEDERAL. Agora, no aguardo do COT II. Um grande abraço. Semper fi." 

Hermes Antonio Almeida Pugliese Jr
Administrador de Empresas
Em 16/11/2009.

 

"Como esposa de Policial Federal e historiadora, não poderia deixar de escrever algo sobre este livro, pelo que me trouxe de lembranças e sentimentos dos bastidores desta profissão, que acompanho desde os idos de 1988, quando meu marido, então noivo, nela ingressou. Definitivamente, ser esposa de um "federal' já é em si, uma aventura. Pois nos sentimos em determinadas horas como 'mulheres de Atenas', tal qual consagradas na letra de Chico Buarque. Lembro que meu marido, então um jovem de apenas 31 anos, participava da segurança da ECO 92 no Rio, e nosso filho de apenas 01 ano e meio encontrava-se febril, sentindo a falta do pai. Ao voltar, são e salvo, depois do triste episódio em que dois de seus colegas foram chacinados, meu marido comentou: 'Um dia esta nossa Polícia Federal será a melhor Polícia deste País, pois temos um projeto de criar uma Federação Nacional unindo todos os sindicatos e vamos exigir que os candidatos sejam formados em curso superior'. Eu perguntei a ele em que aquela leva de 'mauricinhos' e doutores faria diminuir os riscos da profissão. Ele me respondeu: 'Um dia, quando nosso filho tiver uns dezoito anos, entrando na faculdade, seremos melhor equipados, melhor remunerados, mais preparados, mais valorizados, e virão outros jovens como ele, formados em curso superior e eu verei policiais especializados em diversas áreas combatendo os crimes e a corrupção desse país com uma força nunca vista. Teremos grupos de elite como a SWAT e uma estrutura melhor do que o FBI, DEA, tudo junto'. Seus olhos brilhavam e confesso que duvidei, perguntando a ele se ele achava mesmo que nossos políticos permitiriam isso. 'Não se trata de permissão, nós CONQUISTAREMOS isso, e um dia até escreverão um livro sobre os Policiais Federais do Brasil'. Muita água passou debaixo da ponte, nosso filho está cursando Engenharia. E hoje vejo que meu marido estava CERTO em seus sonhos e em suas previsões que me pareceram fantasiosas diante daquela realidade. Hoje vocês da Polícia Federal são o orgulho de nossa Nação e de nossos filhos! Pois vocês tem FIBRA! Parabéns pelo Livro! Continuem honrando seus colegas e suas famílias. Deus os proteja sempre." 

Maria Helena Scafutto Scotton
Em 16/11/2009.

 

"Vivemos anos de nossas vidas tentando compreender o seu propósito... Quando jovens, imaginamos que consiste em grandes conquistas materiais... Os anos se passam, e nos tornamos agentes de novas experiências, infelizmente ou felizmente, nem todas tão agradáveis, porém, nos possibilitaram olhar o mundo com outros olhos... Aprendemos, contudo, que as lágrimas e feridas foram apenas protagonistas de nossa transformação, impulsionando-nos a uma constante evolução... Embora jovens ainda e inseguros quanto ao futuro, sentimos que não somos mais os mesmos... A partir de então, passamos observar, que, o que mais importa não é riqueza que acumulamos, mas a essência que nos permitimos constituir... Nessa nova formula é imprescindível a presença dos seguintes compostos: CARÁTER, HONESTIDADE, HONRA, SERENIDADE E MUITA FORÇA. Agora munidos de todos os elementos necessários, estamos prontos para lutarmos contra a própria ira humana... Por séculos o mundo tem sido alvo de constantes guerras... Em nosso país, nossa guerra implica na luta contra a CORRUPÇÃO, VIOLÊNCIA E GANÂNCIA HUMANA... E como bravos guerreiros, você Tomazi e você Betini reproduziram fielmente a essência do Departamento de Polícia Federal, mais precisamente, do Comando de Operações Táticas... As armas que antes foram usadas contra o povo (Ditadura Militar), tornaram-se guardiãs do Estado Democrático de Direito, servindo a nossa amada pátria e seus queridos filhos... Vocês souberam transmitir na referida obra a essência que move tantas missões... A simplicidade, os treinos, a paz interior e a determinação são características presentes em todos vocês... E saber dosar tudo isso também é um desafio constante, uma vez, que, antes de se tornarem soldados da nação, vocês se tornaram grandes homens... Homens de bem, que deixam suas casas, suas famílias, pais, filhos e amores e arriscam sua própria sorte por pessoas que nunca os viram... Essa força interior relatada no livro, no momento em que o 'cotiano' enfrenta um franco atirador, só tem um nome: AMOR!! Amor à vida e amor à sua pátria... Amor esse, somente compreendido entre aqueles que abdicam suas vidas para garantir a vida de milhares... Pura essência, capaz de transcender qualquer fronteira, qualquer desafio... Guerreiros são assim mesmo, e por isso, se tornam HERÓIS, GRANDES HERÓIS!! Amo vocês!!!" 

Fernanda Cechinel da Silva
Em 18/11/2009.

 

"Gostaria de parabenizar aos autores dessa verdadeira obra, que nos remete a uma verdadeira polícia feita de inteligência e boa preparação,garra e senso de justiça sempre alicercado com a nossa Carta Magna, esses policiais levam no coração um amor muito grande por essa Nação e perante a ela nos faz sonhar cada vez com Brasil melhor. 'À Pátria, a VIDA; ao DPF, O COT'. Levo em meus sentidos essas palavras e pretendo o mais possivel fazer parte dessa familia. Obrigado!" 

Rodrigo Gomes Pitanga
Em 25/11/2009.

 

"Os Agentes da Polícia Federal Eduardo Maia Betini e Fabiano Tomazi escreveram a obra Charlie Oscar Tango para narrar casos concretos. Fiel e documental por excelência estão registradas em cada página as experiências vividas em operações pelos dois Cotianos nos campos de batalha em todos os quadrantes brasileiros. É magistral o que relatam. Por isso a leitura de Charlie Oscar Tango é a nossa preferida em face do orgulho que nos desperta." 

Ana Maria e Carlos de Amorim
Em 27/11/2009.

 

"Obra vigorosa, intensa, pra ser consumida célere e vorazmente, tal qual a atuação de uma equipe de assalto do COT em um AlfaBravo! A precisão como atirador de elite é dom transposto na escrita de Betini e Tomazi. Parabéns aos guerreiros, quanta história bacana; a maioria das missões são cinematográficas! Não se surpreenda, Tomazi, se um grande diretor de cinema entrar em contato contigo para levar o livro à telona, dá pra fazer um ótimo roteiro adaptado... Arrepiei-me com a missão do transporte de valores! Parabéns!" 

Fábio Caram Meireles
Em 29/11/2009.

 

"Adquiri meu exemplar de 'Charlie Oscar Tango' ontem no final da tarde e magnetizado terminei a leitura em poucas horas. Parabéns pela obra clara, direta, empolgante e profunda! O Brasil realmente precisa de contribuições assim para inspirar e motivar nosso patriotismo lúcido e crítico! Conhecer a trajetória profissional de ambos autores realmente foi importante neste momento de minha vida, quando reavalio minhas decisões. Nada acontece por acaso! Com certeza iremos usar o livro como referencia bibliografica em nossos futuros cursos e treinamentos de desenvolvimento humano! AD SUMUS! SEMPER FIDELIS! BRASIL! XINGU!" 

Paulino Yoshida
2º, Ten R2 (Reserva) Exército / Engenharia
CEO - BHUNTERS - Business Hunters Brazil
Em 10/12/2009.

 

"Gostaria de parabenizar aos colegas Tomazi e Betini pela leitura gratificante. Podemos observar como o comprometimento e o amor pela profissão fazem toda a diferença na hora da luta do bem contra o mal. Aproveito para dizer da satisfação de ter ministrando aulas lado a lado com o amigo Tomazi e observar o profissionalismo e a vontade de se fazer sempre o melhor. Nesses casos, acabamos por nos orgulhar e termos a certeza de que um futuro melhor estar por vir." 

Leonardo Rosa Maia
Agente Penitenciário Federal / MS
Em 14/12/2009.

 

"Excelente livro, um exemplo de trabalho brasileiro para o publico militar e civil nacional e internacional. Ao ler um trecho do Capítulo Charlie a minha mãe, ela se emocionou e caiu em choro, pela excelência do trabalho dos agentes do COT. Parabéns Guerreiros. Brasil Acima de Tudo!" 

Samuel
Em 26/12/2009.

 

"Caros Betini e Tomazi, gostaria de parabenizá-los pelo excelente trabalho policial, dedicação e garra que vocês e a grande maioria dos 'Papa Fox' fazem por nosso país. Fiquei impressionado com a qualidade e clareza das informações do livro, divulgando o contexto e detalhes das operações, mas sem divulgar 'detalhes adicionais' que pudessem expor as operações realizadas ou as futuras. É um livro que pode ser facilmente devorado em três dias e com tantos elogios que vocês tem recebido, espero que não fique apenas neste livro e vocês se encorajam a produzir outras obras. Desejo muito sucesso e realizações para 2010! Um grande abraço. " 

Adjarbas Guerra
Em 27/12/2009.

 

"Excelente trabalho, o livro me fez crer que ainda existem pessoas e instituições que praticam e lutam pela dignidade e honra, este livro me deu um novo animo para continuar lutando pelo bem, obrigado." 

Adriano Duarte
Inspetor da Guarda Municipal de Goiana/PE
Em 01/01/2010.

 

"Parabéns ao autores e co-autores desta maravilhosa obra. Sou policial militar e esta obra com certeza é uma grande motivação para continuar os estudos e me tornar um PF. Novamente parabéns a todos que contribuiram para esta obra de altíssimo nível e principalmente realidade da vida policial e do policial." 

Flares Frederico Boell
Em 03/01/2010.

 

"Começo parabenizando os escritores do livro C.O.T pela brilhante iniciativa de escrever um livro assim com detalhes de como é uma operação do G.O.T da polícia federal, ou seja o equilibrio, a tensão, o planejamento e a ação, tudo sicronizado como o próprio autor disse (como um relógio suiço) são essas caracteristicas que fazem de vocês agentes do C.O.T ser tão reconhecida pela a sociedade em suas ações, onde não se dispara um único tiro e não perdem vidas de policiais e nem da população. Um grande abraço e felicidades eternas para o G.O.T da policia federal especialmente para os agentes Betini e Tomazi." 

Welington Rodrigues Vasconcelos
Oficial de Justiça Avaliador-TJMG
Em 09/01/2010.

 

"Muito bom o livro, empolgante e que nos faz refletir sobre a idéia de participar realmente do COT. Queria fazer algumas perguntas, um delegado de polícia federal pode fazer parte do grupo de intervenção, passa pelos mesmos exercícios e provas? A pergunta é se um delegado de polícia federal que entra no COT vai fazer o serviço de combate direto ou somente pode ficar nos bastidores? Bom parabéns pela obra, muitos colegas estão lendo." 

Rodrigo Vieira Teixeira
Em 20/01/2010.

 

"É o Cão chupando manga', bom pra caramba." 

André Araúde de Farias
Em 25/01/2010.

 

"Em primeiro lugar, muito obrigada a todos vocês, nossos verdadeiros anjos da guarda. Comprei o livro por insistência do meu filho de 10 anos, que desde o berço quer ser policial (o endereço de e-mail é coisa dele). Eu, como qualquer mãe, confesso que essa idéia não me agradava nem um pouco, até ler o 'Charlie Oscar Tango'. Abri o livro só para dar uma 'folheada' e verificar se o conteúdo seria apropriado para uma criança (censura de mãe pode!) e acabei lendo, ou melhor, 'devorando' o livro em um dia, apesar dos protestos do pirralho. E mudei de idéia: se ele realmente quiser ser um de vocês, eu o apoiarei, incentivarei e farei tudo o que estiver ao meu alcance e, quando ele finalmente for um de vocês, serei a mãe mais orgulhosa do mundo! Deus abençoe a todos vocês, heróis nossos de cada dia!" 

Maria das Graças J. de O. P. de Almeida
Em 28/01/2010.

 

"Sempre quis fazer parte de um grupo como o COT, desde antes de conhecer o livro, e também antes da 'febre operações especiais' que surgiu na população jovem depois do filme Tropa de Elite. Por 'azar militar' acabei não concluindo a AMAN (Exército), que abriria diversas portas que levariam a possibilidade de realizar esse sonho (inclusive a da PF como Agente), então agora é tirar o atraso, então vamos ao check-list: 1) Concluir o ensino superior - Em progresso; 2) Entrar no DPF (de preferência de primeira em 2013, afinal tenho 4 anos pra isso); 3) Trabalhar o melhor possível enquanto não puder me candidatar ao COT; 4) Chegar aos 30 e alguns anos ECD enfrentar o curso e a rotina pesada. É... Realmente não vai ser fácil, mas como dizem no meio militar (e policial, já que é citada no livro): a sorte acompanha os audazes! Ah, diga-se de passagem, parabéns pelo livro. Escrito com excelência, ótima ferramenta de motivação pra alguém na minha situação, e, principalmente, um tributo merecido aos membros do COT e do DPF em geral." 

Vilmar A. Moccelin Jr.
Em 04/02/2010.

 

"Queremos o Betini e o Fabiano no Programa do Jô. Salve amigos da comunidade, gostaria do apoio de todos aqui que leram e gostaram do livro sobre o COT, para que os escritores pudessem ser entrevistados no Programa do Jô, ou em um outro programa de entrevistas que pudesse prestigiar e saber um pouco mais das 'aventuras' de um APF. Abraços a todos e espero que participem!!!" 

Ricardo Antonio Matos da Silva
Em 04/02/2010.

 

"Esse livro relata a realidade que muitos não conhecem. Muitos olham apenas o distintivo da Polícia Federal, agora esse livro mostra a realidade que nossos policiais enfrentam no seu dia-a-dia. Eu quero dexar meus parabéns a grande obra que é esse livro. Parabéns BETINI E TOMAZI, com certeza esse será um dos livros que muitos terão o grande prazer de ler e reler, pois é muito espetacular, fantástico. Parabéns!" 

Cláudio Alves
Em 08/02/2010.

 

"Parabéns pelo trabalho, este livro é um best seller, leitura obrigatória para qualquer policial tático e acima de tudo honesto." 

Jonas Vasconcelos Lima Junior
Agente Penitenciário
G.E.R. (Grupo de Escolta e Remoção)
Em 23/02/2010.

 

"Não poderia deixar de parabentear, pelo pomposo livro, escrito com uma explêndida maestria, minhas sinceras felicitações, me faz lembrar uma breve frase de Flávio Vegécio Renato, um alto funcionário do Baixo-Império Romano, que diz 'Em qualquer batalha, não costumam trazer a vitória o número de soldados e a coragem instintiva, mas a arte e o treinamento.' (Vegécio)... O livro, nos ajudou a sanar um pouco das dúvidas, para quem como eu almeja uma inclusão da PF... seria ótimo, se esta explendida nação dispusesse de mais, 08's e 14's, junto com todos que fazem parte da PF. Parabéns pelo feito... grande abraço." 

Leone Frizon
Em 05/03/2010.


"Betini e Tomazi, vocês fizeram um exelente trabalho, o COT é um sonho pra mim desde criança, depois de ler o Charlie.Oscar.Tango o meu sonho virou um projeto de vida! E Não vou desistir até me tornar um 'COTIANO', pois só aqueles que tem a vocação é as Operações especiais no sangue lutarão até chegar lá, vencendo medos, barreiras e limites até se tornar um Polícial Federal do Comando de oper ações táticas o COT! Obrigado e Parabéns aos dois. " 

Pedro Hélio
Em 06/03/2010.


"Parabéns pelo livro, de grande valia para os novinhos e para os antigões da área de segurança pública que se acomodaram e perderam o sentido da profissão. Me deu mais ânimo pra continuar estudando e um dia, quem sabe, ser também um Cotiano... 'a qualquer hora, em qualquer lugar, pra qualquer missão'. Abraço." 

Alvaro Calheiros
Em 07/03/2010.


"Parabéns C.O.T. OBRA INDISPENSÁVEL NA PRATELEIRA DE TODO POLICIAL." 

Jonas Vasconcelos
Em 11/03/2010.

 

"Caro Betini e Tomazi, é espetacular o livro, a emoção que fiquei quando li o livro é indescritível, eu, que possuo uma ferramenta em um site de relacionamentos para divulgar o trabalho das forças armadas, não me arrependo nem um pouco de ter feito um espaço especial e único para o COT, é necessário parabenizá-los por tamanha obra, que chegou à todos nós Brasileiros, e fez jus ao nome, que nos deixou boquiaberto com o trabalho maravilhoso executado pela Polícia Federal, especialmente pelo Comando de Operações Táticas da mesma. Meus parabéns, 'Aprendiz-Brasil'. 'A qualquer hora; Em qualquer lugar; Para qualquer missão; COT'." 

Rudy Ribeiro Rose Mesquita
Em 17/03/2010.

 

"Meu sonho sempre foi ser Agente da Policia Federal. Esta obra só me fez acreditar mais. Parabéns pela excelente obra. E que Deus ilumine todos os policiais que defendem as pessoas de bem." 

Rodrigo Raminelli
Em 22/03/2010.


"Bom, ainda estou a procura deste livro, como meu sonho, ou mehor meu objetivo é ser da PF creio eu que esta obra me trará mais empolgação para continuar nos estudos diários." 

Welinton Luiz Semprebom
Em 13/04/2010.

 

"Oi Fabiano, um Caçadorense lançando seu livro, já li e gostei muito PARABÉNS. Abraços." 

Zilda Benetti
Em 17/04/2010.


"De fato é indescritivel quão importante um livro pode se tornar importante, é surreal como palavras podem firmar ideais, como sonhos se mostram avivados em experiencia de outrem. Nas palavras do Dr. Rogério Giampaoli 'Acredito vir do coração, da vocação policial e na intenção de querer sempre algo melhor para a sociedade', estas somadas a noção da vocação, do 'correr na direção contrária' se tornaram importantes a um modo que diria quase impossivel, para alguem relativamente jovem (20 anos), as contradições ao querer se tornar parte da Policia, especialmente de um grupo de Operações Especiais são intrigantes, em adição temos a repudia social, que chega marginalizar aqueles que devem ser tratados como heróis, o desestímulo constante inclusive daqueles a sua volta... Todavia, graças a Deus, alguem pode mostrar que existe sim um caminho justo e honrado a ser trilhado pra pessoas de coração 'estranho', que ser hostilizado pela sociedade vale a pena ao poder ver um sorriso, ver um trabalho ser cumprido, proteger sonhos de outras com aquilo que para ti mesmo é um sonho, eu agradeço, de um modo que palavras não podem descrever, por me mostrar que meus devaneios não são exclusivos, que se é possível lutar contra a decadência que se vê no dia dia, que é possível acreditar, possível acreditar na honra em sua forma mais pura, possível ter a justiça como propósito de vida, por mim, que de fato, é muito mais que um sonho, é uma vocação, é uma escolha feita antes mesmo das lembranças, o resultado de um caráter moldado com um só objetivo. Por fim, novamente meus agradecimentos, e minha admiração a todos aqueles anônimos que fazem esse mundo um pouco menos caótico, que acharam o 'algo a mais' para se lutar. Cordialmente, Renan." 

Renan Arthur Schimuda
Em 28/04/2010.


"Já li o livro duas vezes de tanta saudade que sinto do COT! Ele faz com que eu me sinta lá dentro de novo, por mais que tenha sido curto o meu tempo de convivência lá, sinto muita falta, ainda mais sabendo que o que vivi em um ano lá dentro (contando o curso), vou passar o resto da minha vida e talvez não passe por metade de novo. Vocês estão realmente de parabéns! " 

Marcos Câmara
Em 28/04/2010.

 

"Acabei de assistir o programa do Jô, e achei ótima a entrevista. Betini e Tomazi vcs estão de parabéns pela dedicação e profissionalismo." 

Maria Zegunis
Em 01/05/2010.


"Parabéns pela entrevista no Jô, caras! Creio que todos que tiverem o prazer de presigiá-la, ficaram totalmente admirados pelo desempenho do trabalho de vocês... foi todo o tempo passando um filme na cabeça sobre os versos das historias narradas por voces. Meu pai tambem é Federal, mas não do COT, e esse sempre foi um dos meus sonhos." 

Fernando Gurgel
Em 01/05/2010.

 

"Parabéns pelo trabalho desempenhado ao longo dessas anos e pela instrutiva e belíssima obra. Sou advogado, porém minha meta é a Policia Federal. Um dia seremos colegas. Força e Honra!" 

Jorge Barreto Machado Junior
Em 01/05/2010.


"Primeiramente parabenizar a equipe pela força de vontade e dedicação, são pessoas humildes que já passaram dificuldades na vida e hoje parabenizo pelo que são... assisti a entrevista, muito boa, vou procurar adquirir o livro, sou policial militar no estado do Paraná, na cidade de Curitiba, não é qualquer um que da a cara para bater como nós damos, não só a cara, e sim a VIDA, se estamos aqui, é porque gostamos e principalmente honramos as as nossas instituições. QRA SD FURQUIM." 

José Francisco Zanicoski Furquim
Em 01/05/2010.


"Charlie.Oscar.Tango - Acabo de ver vocês no programa do Jô, só tenho que dar meus parabéns pela atuação da Polícia Federal Brasileira, pela competência, brilhantismo e dedicação ao trabalho." 

João Gaspar Rocha
Em 01/05/2010.


"Li poucas partes do livro,mas o meu interesse aqui é parabenizar e me solidarizar com todos esses bravos homens que trabalham em prol do bem comum, ou melhor em prol do povo brasileiro. A esses homens que colocam sua própria vida em perigo para defender seu próximo o meu muito obrigada, nessa hora o dicíonário é pobre, não existe uma forma mais forte pra dizer a vocês o quanto nós brasileiros agradecemos a vocês pelo trabalho realizado por essa corporação que pra nós é muito importante. Aqui, além de agradecer só podemos pedir a Deus que os proteja sempre,todos os dias, dando-lhes sabedoria, saúde e tudo mais que seja necessário pra que vocês estejam sempre bem. Em nome do povo Brasileiro,acho que posso falar assim, o nosso muito O B R I G A D O. QUE DEUS OS ABENÇOE SEMPRE." 

Ana Lucia Lobo Silva
Em 01/05/2010.


"O livro mostra de forma objetiva o universo do Policial Federal. Com uma narrativa preocupada em relatar a realidade das atividades operacionais da Polícia Federal, especialmente as ações do Comando de Operações Táticas. E´um livro que aborda assuntos não só de interesse de todos os policiais, mas também é esclarecedor para os demais cidadãos que se preocupam com o tema Segurança Pública. Parabéns para os colegas Tomazi e Betini que realizaram mais um feito importante em suas brilhantes carreiras. 'A diferença básica entre um homem comum e um guerreiro é que um guerreiro toma tudo como desafio, enquanto um homem comum toma tudo como bênção ou como castigo.'(BUSHIDO)" 

Luís Fernando Amaral
Agente de Polícia Federal
Em 01/05/2010.

 

"Bem, ainda não li o livro. Mas isso é uma questão de tempo! Sou estudante de Direito, e um fã da Polícia Federal e do C.O.T. Meu sonho é um dia fazer parte desse grupo, estou me preparando pra isso! Acredito que fazer parte de um grupo como este não é uma escolha, nem vocação, é um dom de Deus, ou você nasce preparado pra isso ou nunca estará preparado! Este livro fará mais do que simplesmente responder as várias perguntas do leitor sobre a vida de um Policial Federal ou um cotiano, ele irá inspirar jovens como eu, que ainda acreditam em um país livre dos crimes e da corrupção, a fazer parte deste grupo exepcional!!!" 

Vinícius Pontes Berriel
Em 01/05/2010.


"Olá, tive a felicidade de acompanhar em mídia televisiva (Programa do Jô Soares) a apresentação de vocês e venho mediante esta parabenisá-los não só pela profissão que exercem, 'Atiradores de Precisão' mas sim pela entrevista concedida, sem dúvidas também muito precisa. Sobre o diálogo, as informações nele expressas são de total interesse de minha pessoa e com certeza abrange uma grande proporção da sociedade, sejam esses interesses na parte Teórica ou Prática, no qual ambas foram muito bem informadas. Seguido do site, com excelente conteúdo e muito agradável. Mais uma vez, Parabéns pelo trabalho. Forte Abraço!" 

Rogério Augusto
Em 01/05/2010.


"O livro narrado por dois verdadeiros heróis, mostra isso, uma vida dedicada à carreira policial e à mercê de todas as intempéries da violência que convivemos no dia-a-dia em nosso País. Parabéns, fico muito feliz que temos vocês do nosso lado, que Deus abençoe vocês sempre. Fiquem com Deus." 

João Bittencourt
Bombeiro - Joinville/SC
Em 01/05/2010.


"Sucesso para vocês, Fabiano! Que essa obra traga toda a realização que seu coração deseja e merece. Grande abraço." 

Carlos Schmidt
Em 01/05/2010.

 

"Charlie Oscar Tango é uma brilhante obra literária que mostra a seriedade de se fazer um grupo policial de tão grande responsabilidade. Ao lermos este livro, visualizamos mentalmente a altura do nível profissional, comprometimento, honra, ideal, a qual é longínqua em relação à realidade policial do Brasil. Também, a leitura do livro nos chama a fazer parte deste grupo de elite que é a Polícia Federal (como um todo). Só temos que parabenizar o Betini e Tomazi pela iniciativa e visão que, com certeza, darão muitos frutos para formarmos uma Polícia Federal de referência interna e externamente." 

Robério Chaves
Em 01/05/2010.

 

"Assisti ontem à noite o Programa do Jô e fiquei bastante interessada no livro. Ao conhecer o site, sei que agora preciso lê-lo! Trabalho no judiciário de Pernambuco há dois anos em vara cuja competência abrange os crimes contra a administração pública e noto que muitos dos crimes envolvem policiais civis ou militares. Seria muito bom que as polícias estaduais tivessem a mesma formação e o mesmo tratamento que recebe a polícia federal, assim os exemplos que teríamos seriam melhores, como o dos autores do livro, agentes corretos, dedicados e preocupados em mostrar à população o cotidiano difícil daquele que trabalha com segurança pública. Certamente recomendarei o livro àqueles que querem se dedicar à atividade policial. Parabéns aos autores, principalmente por terem conseguido falar mais que Jô Soares durante a entrevista, diferentemente da convidada anterior... Sucesso!" 

Carolina Castelo Branco
Em 01/05/2010.


"Gostaria aqui de dizer várias coisas: muito me orgulha ver policias competentes e responsáveis como vocês, e que esse livro serve tanto para informar policias ou até mesmo a incentivar a serem honestos e profissionais, e para a sociedade no geral com as dicas muito valiosas de segurança. Que vocês continue sempre competentes e seus livros vendam demais e sejam divulgados em todo país. Nesse momento me orgulha pagar meus impostos e ver eles sendo empregados em bons salários de policiais competentes e de uma dignidade ímpar. Para os policiais que estão do outro lado ou querendo pegar outro rumo, que sirva de exemplo de que para ser policial tem que gostar mesmo e não só por causa do emprego. Vocês são exemplos de capacidade, dedicação etc etc etc etc." 

Jefferson Rodrigues
Em 01/05/2010.

 

"Meus parabéns para esse dois heróis. Estou adorando muito o livro e as histórias da vida real contadas por esse dois exemplos de vida, nossos amigos Betini e Tomazi, meus parabéns." 

Rubens Leles de Souza Junior
Em 01/05/2010.

 

"Assistí a entrevista que vcs deram no programa do Jô Soares e estou louca para ler este livro, pois além de um livro muito interessante, pois não faz parte do nosso dia-a-dia e necessitamos muito conhecer de perto as instituições que nos defendem, esta é uma forma de começarmos a conhecer esta instituição que normalmente nos amedronta: A Polícia Federal. Desejo muito sucesso a vcs com esta obra, depois comento o livro." 

Eliana Gomes Neves
Em 02/05/2010.

 

"Parabéns aos policiais BETINI E TOMAZI pelo livro e pela participação no Programa do Jô. Sei que não é fácil ser do COT, seus treinamentos são duros como não poderiam deixar de ser. Pois preparar um homem ou uma mulher para agir diante de situações de risco, onde cada caso e momento exige atitudes diferentes, mas, todas de risco, e ainda usando armas que não foram criadas para acariciar ninguém, realmente é preciso estar preparado, física e psicologicamente. Além é claro de ter bom senso e noção de justiça, para que não se prejudique inocentes. Que este não seja o único livro de vocês, que venham outros orientando as pessoas comuns a cuidar de sua própria segurança. Eu como cidadão comum, agradeço por permitir que aprenda um pouco mais sobre a POLÍCIA FEDERAL e seus profissionais. Um abraço à todos!" 

José Carlos
Em 02/05/2010

 

"Venho parabenizá-los Betini e Tomazi por essa grande obra e por serem profissionais que somam nesta área, pois é de profissionais como vocês que precisamos, que fazem a diferença. Que Deus os abençoe sempre, e que o sucesso seja companheiro inseparável em suas vidas." 

Ana Marcia
Em 02/05/2010.

 

"Minha crítica é com relação a falta de mais divulgação - pelos meios de comunicação local - desse tipo de evento/informação - lançamento do livro COT. Alias fico sabendo de muita coisa assim: 'Aconteceu no ultimo final de semana....' Fiquei sabendo da existencia desse livro de autoria de 2 brasileiros muito importantes e corajosos, pelo programa do J?. E sem contar que um desses herois trabalhou aqui em Joinville. Parabéns Betini e Tomazi pelo excelente trabalho realizado." 

Pedro Tonetta
Em 02/05/2010.

 

"Fico muito feliz em ver pessoas, servidores vocacionados assim como os senhores, em um País em que vemos tantos sendo aprovados em concursos públicos para servirem o público e o fazem da pior maneira maneira, mas aqui temos claramente exemplo de servidores honestos e muito dedicados, sou fã dos senhores. Creio que em nome de Jesus serei um agente assim como os senhores... se quiserem divulgar o livro aqui em minha cidade contem comigo..." 

Evandro Ferreira
Em 02/05/2010.


"Caros Betini e Tomazi, como uma pessoa comum e amante do Jô assiti a entrevista de vocês e adorei... Vocês são o máximo e estão de parabéns pela garra e pelo trabalho que fazem que dispensa comentários. Acabei de entrar no site e ler o Capítulo 12 (adorei, muito bom). Efetuei a compra do livro pela net e deve chegar em 6 dias o qual já espero com muita ansiedade para ler. Após a leitura entrarei no site para deixar minha opinião sobre o livro. Tenho certeza absoluta que será as melhores. Desejo todo sucesso do mundo para vocês, que continem com essa coragem e Betini, bendito os tomates (rs). Se não fossem eles, você não chegaria aonde está. Parabéns rapazes, vocês tem uma fã. Felicidades e boa sorte com o livro que já é um grande sucesso. Vou indicar a todos os meus amigos." 

Jussimara Vasconcellos Pinheiro
Em 02/05/2010.

 

"Boa noite. Assisti a entrevista de vocês no programa do Jô e gostei muito pois, moro aqui na fronteira com o Uruguai, conhecida como a fronteira mais irmã do mundo, já que somos divididos apenas por uma rua. Não sei se algum de vocês trabalhou aqui. Tive alguns colegas de faculdade que são da PF, isso ja faz alguns anos. Mas voltando ao livro gostaria de compra-lo pois é um assunto palpitante e tenho uma admiração pela PF que uma intituição respeitada. Tentei algumas vezes o concurso mas não consegui é muito dificil e principalmente concorrido. Com a PF não tem conversa, andou fora da linha vai em cana, não tem pra ninguém. Tenho 44 anos e vou tentar mais uma vez no proximo concurso para o setor administrativo porque para agente acredito que não conseguiria na parte fisica. Um abraço." 

Valnor Castro Souza
Em 02/05/2010.

 

"Parabéns pela entrevista no Jô e pelo livro de leitura fácil, fluida, inteligente e contagiante!!! Estou entrando pra Policia Civil do RS e vou levar o livro para os demais colegas da Academia. É uma injeção de adrenalina e ânimo para todos que estão começando na carreira. Incrível poder quase viver junto com os policiais cada uma das operações, sem contar na valia das dicas de segurança do final do livro! Adorei! Parabéns garotos!" 

Simone Santos
Em 02/05/2010.

 

"Vi a entrevista de vcs no programa do Jô e fiquei impressionada com o trabalho da PF e com a competência de profissionais como vocês. Como cidadã, leiga no assunto, o tema do livro despertou meu interesse e me empolgou a leitura do mesmo. Parabenizo os autores pela iniciativa." 

Juliane Lucena Vilar
Em 02/05/2010.

 

"Ainda não li o livro, mas depois de assistir vocês no programa do Jô me interessei bastante. Um livro que relata todos os trabalhos e operações da Polícia Federal, inclusive o COT. Tenho sonho de ser da Polícia Federal, e acho que esse livro nos deixa mais por dentro de como é ser da Polícia Federal. Parabéns por esta edição!" 

Leonardo Felipe Kich
Em 03/05/2010.

 

"Fã de carteirinha pela Polícia Federal e Civil, sou Tatiana do RJ, parabenizando Betini e Tomazi pela participação no Programa do Jô, aonde passei a conhecê-los, e com grande animação e entusiasmo, ouvi cada palavra que disseram. Há 7 anos faço concursos para PF, já estive em Brasilia também prestando concursos. Desde pequena sou muito apaixonada por armas, munição, tendo participado de alguns cursos e campeonatos de tiro, posso dizer, uma das coisas que mais me tocou na vida! Tenho PROFUNDO respeito pelos homens e mulheres, civis, militares e federais, a qual são policiais, que eu TANTO defendo quando o povo brasileiro só sabe recriminar. Esta é a que temos, e com um excelente trabalho, como o CORE E BOPE por exemplo. É um imenso prazer vê-los pela TV, o que me deu mais esperança de continuar tentando, quem sabe um dia consigo... Estou adquirindo o livro ansiosamente para poder dar assim minha completa opinião. Deus abençoe os 2 e todos cidadãos policiais, a qual lhe foram dados por Deus este dom, esta missão, este potencial, podem ter certeza!" 

Tatiana Lins de Barros
Em 04/05/2010.

 

"Não vejo maneira mais decente de descrever o funcionamento de um trabalho tão respeitado como este do COT, parabenizo Betini e Tomazi pela iniciativa. Adorei o livro e espero o lançamento no Rio de Janeiro para que possam autografrar meu livro. Parabéns e boa sorte!" 

Viviane Pavelka
Em 04/05/2010.

 

"Fabiano, parabéns é muito pouco para dizer a você! Sucesso mais que merecido! Profissional competente e sério. O livro já rodou pela familia e amigos. TODOS sentem-se muito orgulhosos de terem em algum momento convivido com você. A clareza e cuidado com o texto pontuam a obra. De novo parabéns! Continue fazendo o seu trabalho e principalmente continue sendo o Fabiano de sempre, aquele facilmente reconhecido no programa do Jô. Uhu!!!" 

Elyeth Trento
Em 04/05/2010.

 

"Adorei conhecer a história de vida de vocês, parabéns pela excelente entrevista no Programa do Jô e pelo site maravilhoso..." 

Flavia Huerta
Assistente Social
Em 05/05/2010.

 

"Parabéns Betini! 'Ainda bem' que sua roça de tomate bichou e você virou policial, para alegria e orgulho de todos nós! Ao Tomazi também nosso orgulho e admiração!" 

Rogério Faustino Olveira
Em 05/05/2010.

 

"É com enorme satisfação que manifesto meus cumprimentos pela excelente obra. Apesar de ser Nutricionista, especializada em Esportes, aprecio diversos temas, sobretudo, quando se trata de leitura! Tomei conhecimento do livro através do Programa do Jô e confesso que estou adorando. A entrevista também foi muito descontraída e interessante. Vocês estão de parabéns não só pelo livro, mas pelo trabalho diário. Que o sucesso e a vitória nunca deixem de fazer parte de suas vidas! Abraços." 

Fabiola de Alvarenga Vasconcelos
Em 06/05/2010.

 

"Foi engraçado como conheci a existência deste livro. Estava com minhas amigas 'batendo papo' até tarde aqui em minha casa e logo que elas foram embora eu ainda estava sem sono. Fui tomar um banho e depois liguei no Programa do Jô e estava passando exatamente a entrevista com os autores do livro, Eduardo Betini e Fabiano Tomazi. Foi então que meu sono não veio de jeito nenhum. Fiquei assistindo até o final da entrevista e fiquei muito interessada no livro. Por estar lendo uma outra obra no momento ainda não consegui lê-lo, porém assim que eu terminar a minha leitura atual não vou perder mais tempo. Já comprei e o livro CHARLIE.OSCAR.TANGO e estou muito ansiosa para 'devorá-lo'. Fico feliz e mais segura em saber que boa parte da polícia do nosso país ainda é responsável e competente. Parabéns meninos!" 

Daniella Procópio
Em 06/05/2010.

 

"Gostaria de dizer ao Betini e Tomazi, que gostei muito da entrevista no programa do Jô Soares; realmente fiquei muito impressionada com tanta tranquilidade no falar e também do trabalho de vocês que é muito profissional mesmo; um trabalho muito sério. Li o Capítulo 12 e realmente vocês sao demais... gostaria de saber como faco para conseguir o livro aqui na Flórida? Sinceramente vocês sao uma dupla dinâmica e eu fiquei muito emocionada com tudo que falaram com o Jô... Um grande abraco e gostaria de conhece-los pessoalmente... quem sabe um dia!!! Sinceramente Ray!!!" 

Maria R. Silva
Em 08/05/2010.

 

"Tive conhecimento deste livro através de uma pessoa muito querida. Li o livro em três dias, muito bom. Gostei da parte das operações que foram relatadas no livro. A medida que o leitor vai lendo cada operação ele nao quer parar de ler para saber o fim de cada uma. É o primeiro livro lançado no Brasil, que tenho conhecimento, tratando desse tema. E aí quando sai a segundo livro? Recomendo a leitura deste livro para as demais pessoas que ainda não o conhecem. Os autores estão de PARABENS! pela iniciativa. Este livro permitiu conhecer um pouco mais sobre as operações da PF que vem realizando um excelente trabalho em todo território nacional. Um abraço aos autores. Valeu." 

Carlos
Em 08/05/2010.

 

"Adorei a entrevista no Jô Soares, fiquei muito curiosa, li o Capítulo 12 e me apaixonei pela profissão de vocês!!!!! Ainda não li o livro mais em breve estarei lendo e deixando outro comentário... desde já parabenizo vocês!!!" 

Aline
Em 08/05/2010.

 

"Tomei conhecimento do livro de vocês a partir do programa do Jô. Fiquei fascinada pela história de vida dessa dupla, muito empolgante. Ainda não li o livro, mas estou ansiosa. Desejo a vocês tudo de bom e muito sucesso na profissão! Espero q haja lançamento do livro aqui no Nordeste. Felicidades! " 

Heloísa Cavalcante
Agente da Polícia Civil
Em 10/05/2010.

 

"Senhores, parabéns pelo livro, está escrito de uma forma clara e objetiva. Aproveitando, parabenizo-os pela entrevista no Jô, foi autêntica, segura e muito esclarecedora. Não tenho mais nada a dizer, senão Parabens!!!" 

Andreia Rodrigues
Em 10/05/2010.

 

"Sensacional, o livro é perfeito sempre gostei da área policial, não tenho nenhuma influência familiar sobre a profissão policial, mais desde de criança sem sentir me identifiquei e hoje estou entrando para Polícia Militar de MG, e tenho como objetivo entrar pra PF, esse é o OBJETIVO, e aproveito pra deixar um grande abraço para vocês, são dois grandes policiais de elite." 

Ariel Melo
Em 10/05/2010.

 

"Graça e paz para Betini e Tomazi... Sou Pastor da Igreja Presbiteriana em Cachoeiro de Itapemirim - ES. Fiquei muito feliz em acompanhar a entrevista no programa do Jô. E saber que temos grandes profissionais atuando na guerra contra o crime. Como eu fui das "Operações Especiais do Exército", eu tenho indicado para o meu filho tentar o concurso da Policia Federal. Após termos visto vocês na TV, falando das "Operações da Policia Federal", ele ficou mais animado.... Enfim, gostaria de parabenezar e pedir a proteção Divina sobre vocês e toda a equipe. Gostaria de aproveitar e tirar uma dúvida (a Policia Federal não tem trabalho de capelania ?) Abraço, e que a paz de Cristo esteja com vocês..." 

Pastor Ivan Moreira
Em 11/05/2010.

 

"Betini e Tomazi, parabéns pelo excelente livro! Vocês conseguiram escrever de uma maneira ímpar, pois inserem o leitor no contexto dos acontecimentos - tamanha a riqueza do detalhamento - nos capítulos referentes às missões. Além do 'plus' das várias dicas de segurança pública, valorosas, no atual cenário de violência que faz parte da nossa rotina, também enalteceram a importância do trabalho policial, muito criticado, mas ainda pouco reconhecido pela sociedade brasileira. Que Deus continue protegendo-os e iluminando-os por onde atuarem! Força e honra." 

Daniel Neves
Em 11/05/2010.

 

"Olá, eu li o seu livro e foi uma leitura muito agradável para mim e para os meus pais, que leram o seu livro e começaram a dar mas valor para esta profisão de coragem e muito respeito." 

Eduardo
Em 12/05/2010.

 

"É com imensa felicidade que venho apresentar-lhes meus parabéns pela brilhante e inspiradora obra! Agradeço pela forte ajuda que vocês emprestaram a todos os leitores, sob tudo àqueles que sonham e tem como objetivo fazer parte de uma instituição que preza acima de tudo a honra, lastreada pela humildade, honestidade e pela coragem, no propósito de fazer a proteção dos cidadãos de bem. Paz, luz e proteção." 

Felipe Suzart Andrade
Em 13/05/2010.

 

"Parabenizo-lhes pela obra, ela termina quebrando certos paradigmas no que tange os grupos de operações especiais. Hoje mais do que nunca, urge a necessidade de nós policiais produzirmos as nossas obras, afinal temos muita bagagem para isso. Outro fato que se reveste de grande importância, satisfação e alegria para mim, é que quando da leitura, percebi o nome do colega Nelson Nascimento, tenho o privilégio de desfrutar da amizade desse colega e profissional do maior quilate, inclusive, assim que comecei a leitura e visualizei o seu nome, imediatamente mantive contato com o mesmo, pensem na alegria de ambos. No mais, fica aqui o meu abraço a todos que contribuiram com essa maravilhos obra. Atenciosamente," 

Manoel Viera Filho
Agente de Polícia Judiciária/SE
Em 13/05/2010.

 

"Parabéns a este seleto grupo de agentes pelo livro, é necessário levar a sociedade o conhecimento no que diz respeito a nobre e difícil missão de preservação da ordem pública. Em muitas das vezes enfrentamos dificuldades nas atividades policiais, esse tipo de profissional deve estar sempre com condições físicas e psicológicas impecáveis e isso demanda de um grande esforço, tendo inclusive de abdicar em muitas das vezes do convívio de familiares, sendo assim um verdadeiro sacerdócio." 

Carlos Henrique Macedo Junior
Polícia Militar de Minas Gerais
Em 14/05/2010.

 

"Parabéns aos autores tanto pela obra, entrevista e pelas funções que ocupam, através deste livro podemos conhecer o trabalho de extrema importância que os senhores fazem. Assisti a entrevista, gostei muito e a partir da mesma ví com outros olhos o trabalho da Polícia Federal." 

Márcia Regina
Em 14/05/2010.

 

"Parabéns pelo livro, foi uma excelente idéia mostrar para o público como é por dentro de uma das entidades mais respeitadas desse País. Fico muito motivado vendo vocês trabalhando com o pensamento positivo e em busca do melhor para a sociedade. Creio que vou chegar até a Polícia Federal um dia, porque tenho a mesma vontade que vocês: combater o crime e tornar nosso País cada dia melhor." 

João Paulo Gomes
Em 18/05/2010.

 

"A Polícia Federal é uma paixão; Ler e apreciar vossa obra uma vibração; Conhecê-los pessoalmente uma grande satisfação. Parabéns pela 'iniciativa', pois sabemos que sem ela o mais árduo treinamento é um mero esforço. Aguardamos os próximos... Abraços." 

Dalvan Guerchon
Em 18/05/2010.

 

"Vi a entrevista de vocês (Betini e Tomazi) no Programa do Jô e não pude deixar de comprar o livro. Parabenizo pela narrativa envolvente e pelo instigante desejo de fazer parte como um de vocês. Um abraço e sucesso pela obra." 

Gustavo Pinheiro
Em 20/05/2010.

 

"Poderia escrever um livro elogiando este trabalho de vocês, então resolvi resumir... extraordinário!!! Li este livro vagarosamente para não acabar rápido e pretendo ler novamente... parabéns pela belíssima obra, irei guardá-lo para quando meu filho crescer poder le-lô. Um grande abraço." 

Carlos Augusto Monte Mor Martins
Em 31/05/2010.

 

"É um grande prazer poder comentar sobre o COT, pois é um grande sonho que tenho de fazer parte do Comando de Operações Táticas da Policia Federal. Hoje sou estudante de direito e quero muito fazer parte deste grupo, irei batalhar muito para passar no concurso da PF." 

Rikson Barbosa
Em 01/06/2010.

 

"Muito bem elaborado, este livro aborda de maneira realística a vida funcional de dois grandes homens empregados na atividade de Operações Especiais, fazendo com que aqueles como eu empregados nesta mesma atividade, nos apaixonemos ainda mais pela missão que nos foi dada. Nos faz também ter conhecimento mais profundo dessa tão renomada e invejada força policial que é orgulho para nós policiais e motivo de referência. Também como integrante da Força Nacional, tenho o orgulho de ter sido instruendo do mestre Betini em Porto Alegre no ano de 2005." 

Doryan Roger Oliveira Soares
1º Sargento PMMG / GATE 14º BPM / Ipatinga
Em 02/06/2010.

 

"Caros, estou lendo o livro e é muito bom. É um mergulho numa realidade fantástica. Pena que o livro não vai ser lançado em Recife. Parabéns aos autores Betini e Tomazi." 

Sérgio Marcos
Em 02/06/2010.

 

"Olá, ainda não tive a oportunidade de ler o livro, mas pretendo ler o mais breve possivel. Meu comentário vai direcionado ao site, que por sinal é ótimo, posso acompanhar diversos assuntos relacionados a PF, assuntos estes que me fascinam cada vez mais, e queria saber de vocês, já que estão ligados a PF, quando vai ter concurso para o mesmo, que é o órgao de maior orgulho para o Brasil... sonho de qualquer indivíduo fazer parte do maior grupo de inteligência/força/determinação e competência brasileira... " 

Everaldo Reis
Em 03/06/2010.

 

"Acabei de ler o livro e confesso que o adorei e senti muito próxima de vocês, ainda mais nas partes das missões, que mexeu muito com a minha imaginação, via direitinho os dois em ação parecia que eu estava juntinho com vocês minha adrenalina ia as alturas. Confesso que fiquei decepcionada com a gerente do Banco pela informação vazada, e eu senti na pele todo o calor dentro da caçamba do caminhão que você estava 08, passei mal também. É!! Ser heroi não e fácil !!!! e vocês são os meus. Por ter visto vocês no Jô parecia que os conhecia a muito tempo, muito engraçado esse sentimento, seus rostos não saiam da minha mente, suas expressões facias, seus fisicos e atitudes como firmeza de voz nas missões, era como se fosse um dejavú, sofri juntinho com vocês... Aqui ficou bem explícito a coragem e a proteção divína do cara lá de cima que vocês tem... Confesso, quando acabei de ler o livro lágrimas rolaram por tudo que foi relatado aqui e principalmente por que vocês foram minhas companhias inseparáves durante alguns dias... Acho que não só eu mais muitas pessoas esperam o segundo livro com muita ansiedade, adrenalina e missões bem resolvidas, pensem nisso com carinho e façam o segundo livro. E aqui termino o depoimento de uma fã agradecendo ao Papai do Céu por ter colocados vocês na terra como heróis e principalmente no nosso BRASIL que precisa tanto de pessoas como vocês... Isso e de todo o meu coração. Proteção divina ao COT!" 

Jussimara Vasconcellos Pinheiro
Em 06/06/2010.

 

"Excepcional e surpreendente." 

Marcos Vinícius
Em 07/06/2010.

 

"Por ter policiais na família, sempre tive consciência dos sacrifícios que a profissão exige. Por isso, depois de assistir a entrevista no programa do Jô, entrei no site do 'Charlie...' para saber mais a respeito da rotina de vocês. Li também o capítulo 12 e alguns depoimentos e, como sou uma eterna sonhadora, um em especial chamou a minha atenção. Foi o da senhora Maria Helena Scafutto Scotton, esposa de um PF, que há alguns anos comentou com ela sobre seus sonhos. Sonhar, na minha concepção, é externar, fazer ou ver se concretizar o mais profundo desejo da alma. Os sonhos nos animam e nos encorajam, eles nos fazem acreditar no extraordinário, transformar o meio em que vivemos, amar sem reservas. Foi assim com Jesus, Davi, Gandhi, Martin Luther King...e tantos outros. Eles foram transformadores, pessoas inconformadas com as injustiças, a miséria, o preconceito, a violência. Agora, conhecendo um pouco mais sobre vocês, eu incluo-os também nesta lista. Agradeço a DEUS por vocês e oro para que todos nós um dia, não muito distante, tenhamos este mesmo sonho... 'Sonho com o dia em que a Justiça correrá como a água e a retidão, como um caudaloso rio'. Martin Luther King" 

Luci de Novaes
Em 08/06/2010.

 

"Agradeço aos autores por compartilharem suas experiências, no que com certeza, é um dos Grupos de Operações Operações mais bem treinados e equipados do mundo. A leitura da obra acresceu em muito em minha futura carreira policial. TKS! QRV!" 

Jeferson Ramalho
Em 10/06/2010.

 

"Como Oficial R2 do Exército Brasileiro escolhi o livro como plano de leitura, porém não o esperava ler em tão pouco tempo, é muito contagiante e empolgante poder parear aspectos da nossa profissão por vocês tratados em operações reais. Parabéns pelo excelente trabalho, o livro e o profissional, que mostra o que mais se necessita nesse país: Honestidade! Parabéns e felizes são os cotianos, profissionais empenhados, abnegados e realizados! Espero poder no futuro ombrear juntos nessa nobre missão ao término do meu tempo no Exército! Brasil!" 

Ten Evandro
Em 11/06/2010.

 

"Gostaria de parabenizar meus irmãos em armas pelo excelente livro que desenvolveram. É de suma importância que a sociedade tenha uma visão de nossa polícia, por quem faz polícia. Ao Betini, guerreiro e amigo, provavelmente um dos policias federais mais capacitados deste país, um forte abraço e que mantenha acesa sua chama pelo conhecimento, sempre. Muita sorte nessa empreitada e que venha o CHARLIE.OSCAR.TANGO 2... 3... 4.... 5. Um abraço." 

Carneiro Araújo
Agente de Polícia Federal
Em 16/06/2010.

 

"Quero parabenizar a todos que criaram este belo livro que conta um pouco da história e cotidiano de de nossa Polícia e também nossos policiais, muito bom as pessoas conhecerem este profissional e assim ao invés de apenas criticar aprender a valorizar estes que tanto fazem por nós. Continuem seguindo com esta missão que cada um recebeu e honrando a instituição que com certeza, estaremos admirando daqui. Sou grata a Deus por ter nascido em um país rico de pessoas íntegras e cumpridoras de suas tarefas, claro, que existem problemas, mas o que seria das vitórias se não houvessem as lutas a serem vencidas?? Sou coordenadora de uma ONG de apoio ao Policial e gostaria de saber como podemos manter um contato maior e assim também ajudarmos a Polícia Federal que defende tão bem nosso Brasil. Mais uma vez, que Deus continue abençoando suas vidas a cada dia mais direcionando seus passos no caminho a ser seguido, livrando suas vidas de todos os ataques do inimigo. Sou grata a todos por defenderem nossas vidas e nosso país, mostrando ao mundo que temos uma bela Instituição Policial, com Grandes Guerreiros, que se preciso for dão a vioda em nosso favor. Que as mãos de Deus os acompanhe protegendo suas vidas e família. Tenho indicado este livro e todos estão gostando de conhecer mais da Polícia. Esperamos em breve novas aventuras..." 

Rita de Cássia de Araújo
Em 19/06/2010.

 

"Gostaria de parabenizar a dupla Tomazi e Betini pelo livro, este que nos prende na leitura do inicio ao fim, fiquei muito feliz com a visita do Tomazi em minha loja para autografar o meu livro, espero que vocês tenham muito sucesso nessa nobre carreira, um grande abraço." 

Neto Santos
Em 20/06/2010.

 

"Oi! Sou Ana Júlia, do Rio, tenho 16 anos e já sei o que quero da minha vida! Meu sonho sempre foi ligado a esses negócios de armas, polícia e tudo mais! Então resolvi fazer Direito e entrar para a Polícia Federal. Vou conseguir e em breve vou me tornar uma Delegada da Polícia Federal e darei esse orgulho para a minha mãe!" 

Ana Júlia dos Santos Marin
Em 26/06/2010.

 

"Saudações meu camarada Betini, Observar Proteger e Neutralizar. Quem são estes atrás de seus fuzis? Quem são estes caveiras? São loucos? Tão poucos, mas tão fortes, vitória sobre a morte. Brilhante esta obra. Parabéns meu irmão." 

Paulino Mota
Em 29/06/2010.

 

"No capítulo 12 (página 131) do livro, foi esquecido de relatar ou não fizeram, por modéstia, mas eu estava lá e ví. Quando da saída dos elementos presos do prédio para o caminhão, houve uma grande salva de palmas e em seguida o povo todo (público digno de um grenal) entoou o Hino Nacional. Confesso que fiquei emocionado, pois mesmo sendo filho de polícia e pai de polícia, nunca tinha visto nada igual. Agradeço-os até hoje por ter vivido aquele momento de grande emoção." 

Luiz Carlos Rodrigues de Moraes
Em 01/07/2010.

 

"Parabéns Betini e Tomazi pelo livro, isso mostra o quanto o DPF é importante para nosso País e me incentiva a estudar mais, porque um dia farei parte da PF..." 

Renato Eloy
Em 16/07/2010.

 

"Sinto uma sincera alegria após a leitura do livro. Isso se deve a transparência no compartilhar das informações necessárias a trazer, para nós leitores, a realidade vivenciada dentro da Polícia Federal e do Comando de Operações Táticas. Já era hora de termos boas referências capazes de abrir nossos olhos para o que venha ser 'fazer polícia no Brasil': suas dificuldades, as discrepâncias, o ainda presente descrédito, mas também a confiança num trbalho voltado para proteger cada um daqueles que se sentem, dia após dia, mais acuados com as ações dos criminosos... tudo fruto de um preparo desigual e voltado a não medir esforços no sentido de garantir a segurança e ordem pública. OBRIGADO Betini e Tomazi - COT/DPF! Força e honra!" 

Rafael Oliveira
Em 30/07/2010.

 

"Betini e Tomazi, trouxeram a minha vida parte da realidade de autoridades das quais eu mesmo tanto julguei, e mal, felizmente mudei minha opinião, pude compartilhar com amigos sobre o livro e também tiveram a mesma reação (graças a Deus!). Quero parabenizá-los por este trabalho exemplar, em especial pelo capítulo 16 Missão Eccho pág.188." 

Isis de Oliveira
Em 15/08/2010.

 

"Verdadeiramente incrível é o conteúdo desse livro, nada além de real, e o mais importante desse lançamento é que muitos vão ficar por dentro do que realmente a Polícia Federal faz e dar mais valor ao trabalho feito por ela." 

Cecília - Macapá/AP
Em 27/08/2010.

 

"Indescritível e a sensação sentida a medida em que 'ganhava' as palavras e páginas deste livro. A forma a qual os autores colocam-nos dentro das missões contadas, deixa qualquer pessoa comprometida com o bem - muito empolgada. É um alento saber que temos um grupo de guerreiros que abrem mão, em muitos momentos, de coisas que a maioria nunca abriria, mesmo sendo invisíveis aos olhos da sociedade, para a garantia do bem maior: o direito a uma vida digna pelos seus defendidos. E com muito orgulho e prazer que dedico meus mais sinceros votos de felicidade e muito sucesso a todos esses heróis que, assim como as pessoas de boa índole, so querem uma sociedade livre das forcas e atitudes do mal. Obrigado." 

Jefferson Correa
Em 26/09/2010.

"Duas palavras para resumir o livro: fantástico e esclarecedor! Como outros, só não o li em um ou dois dias devido a intercalação com os estudos para o concurso de APF. É inspirador e gratificante ler sobre pessoas e situações que demonstrem existir seres humanos - e, por vezes, sobre-humanos - capazes de 'disporem de suas vidas' em prol de um bem maior, um bem coletivo. Heróis anônimos sempre embasados em preceitos religiosos, legais e éticos, que nos permite reavivar sonhos de construir uma sociedade mais justa e solidária, acalantar a vontade de contribuir a uma pátria mais amada e nos confortar por saber que qualidades como a honestidade, não estão e nunca estarão fora da moda. É com todo respeito e admiração que parabenizo os dois combatentes-autores (sempre cotianos) e demais companheiros que fizeram ou fazem parte do COT e todo DPF. Pretendo, em algum dia, quando for a vontade de Deus, ter o prazer de fazer parte da coorporação DPF e, se possível, com orgulho ser aluno de pessoas abnegadas como vocês. Grande abraço, fiquem com Deus e sucesso!" 

Omar Moronari de Oliveira
Em 21/10/2010.

 

"Simplesmente incrível, a cada missão, mesmo sem querer, parecia que eu me transportava para cada uma delas. Para quem vivencia o trabalho policial da até para imaginar as cenas. Parabéns, esse livro é sensacional. Quanto aos sentimentos relatados pelos autores a cada missão, parece que todos os policiais, me refiro a todos que são apaixonados pela profissão, possuem os mesmos sentimentos e sensações. ." 

Paulo Sérgio Gama Macedo
Em 22/10/2010.

 

"Parabéns pela obra. Livro que todo policial deveria ler. Sou policial militar da região centro-oeste e gostaria de registrar que quando terminei a leitura do capítulo 13 - Missão Bravo, fiquei intrigado com uma situação, os relatos contidos no livro sobre a operação 'Alfa-Bravo' muito se pareceu com um caso de roubo a banco que aconteceu em uma cidade do interior do Estado, onde uma equipe da PF teve que utilizar de força letal para conter a quadrilha que realizará o roubo. O detalhe do caso é que quando a notícia do roubo a banco foi divulgada na rede de comunicação da polícia, algumas equipes de policiais das cidades vizinhas deslocaram para prestar apoio policial, pois havia informações de que estava ocorrendo um confronto armado entre a polícia e 'ladrões de banco' e em um desses deslocamentos uma viatura que estava a caminho se envolveu em um acidente de trânsito e o comandante da equipe foi a óbito no local do acidente. Talvez eu tenha me equivocado sobre o caso, mas achei que deveria postar tal informação." 

Jeronimo
Em 22/10/2010.

 

"Olá, venho expressar minha satisfação pelo livro e pelo trabalho da equipe da Federal, destacando o COT. Sou fã dos Operações Especiais. Parabenizo os autores do livro e quem autorizou esses relatos de honra e compromisso com a nação. Se isso for possível, queria que vocês mandassem nomes de algum outro livro sobre a federal ou snipers. Agradeço pelo espaço e muito sucesso."

Cristóvão Mendonça
Em 26/10/2010.

 

"Eu li o livro e já estou pensando em ler novamente. Parabenizo os autores Betini e Tomazi,e agradeço-lhes por me proporcionar essa experiência indescritível ao ler o livro, não apenas pela emoção e adrenalina das missões, mas também pelos ensinamentos de ética e moral. E por fim, parabenizo todos integrantes do COT e da Polícia Federal, que colocam suas vidas em risco para um melhor da sociedade, e um dia, com Fé em Deus, serei mais um, levando o país para melhor. " 

 Luiz Philipe
Em 01/11/2010.

 

"Parabenizamos os autores pelo empenho e a ousadia de produzir uma obra que reporta fielmente os bastidores do epicentro da atividade operacional da Policia Federal do Brasil e internacional. Certamente tiveram que adentrar algumas madrugadas para presentear o cidadão comum e Policiais com uma obra dessa envergadura e rica em detalhes. Mister enfocar que muitos filmes de ficção abordam superficialmente as atividades Policiais. Assim sendo, muitos desconhecem o verdadeiro empenho dos seus herois anonimos e esperamos que essa 'obra' seja uma semente de bons ventos, uma contribuição para a cultura da atividade e particularmente para o conhecimento geral da população, como atua sua força policial de elite, o esforço, empenho individual dos brasileiros. Esperamos tambem que ela possa brevemnete amplamente um público maior, atraves de sua descoberta pelos meios de comunicação em massa. Parabéns 08 Parabéns 14, a semeadura é livre, a colheita... obrigatória e inevitável!!!  Tks e QRV sempre Guerreiros!!!" 

Paulé Vtk
Em 07/11/2010.

 

"Obrigado! Este comentário passo a vocês são meus agradecimento por me apresentar uma realidade que desejei fazer parte, mas que por vários motivos não se concretizou. Cláudio Luz APF Classe Especial é meu colega, por sermos Secretários Municipais em nossa cidade, ele Secretário de Segurança e eu Planejamento e Gestão (Administração, Finanças e Planejamento ). Somos bons amigos e sempre que temos alguns momentos de folgas falamos sobre as missões dele e de colegas seus da DPF e eu da minhas esperiências de vida. Em meses passados recebi dele um email, me apresentando o lançamento do livro C.O.T. em Fortaleza, lamentei não ter podido ir (estavamos em momentos delicados da administração e não pude sair de Juazeiro do Norte). Mês passado entrei em encontato com uma colega de vocês em FTZ aproveitei e comprei dois exemplares, sendo um de presente ao amigo Charle Lima e outro para mim. Esta foi a forma que encontrei de homenagear vocês e ao meu grande amigo Claudio Sergei Luz e Silva - Policial Federal Classe Especial. Forte abraço e sucesso nas futuras missões. Vai a sugestão de um novo livro, só sobre SNIPERs." 

Geraldo Carreiro
Em 15/11/2010.

 

"Este livro certamente motivará muitos guerreiros a dedicar ainda mais seu tempo no preparatório para o próximo e, anciosamente, esperado concurso da PF. Estou sob e sobre as asas da Força Aérea Brasileira há 14 anos, ajudando na sustentação de nossas velozes aeronaves, no entanto, tenho certeza de que poderei fazer muito mais por nosso amado país quando estiver entre os integrantes do especialíssimo COT. Obrigado autores deste livro, pois hoje, ainda mais, estou deveras motivado e empolgado com a PF/COT. Força Total para PF!!!" 

Huanderson de Araújo dos Santos
Segundo-Sargento da Força Aérea Brasileira
Em 17/11/2010.

 

"Antes de mais nada, parabéns aos autores Betini (um amigo que fazemos nas estradas da vida, 'a gente se vê por lá um dia, parceiro') e Tomazi!!! Muitos deixaram seus comentários, e faço também das minhas palavras algumas linhas que andei lendo aqui. Vocês, certamente, são homens de honra e, assim como na oração das Forças Especiais, Deus está com vocês, cuidando e protegendo de todas as setas do mal. No episódio da favela, que, salvo engano, o 08 relatou que 'naquele lugar não tinha Deus', retrata bem o que digo. Há na Bíblia algo sobre o tempo... que há tempo para tudo na Terra. 'Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou; Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar; Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar; Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar; Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz. Que proveito tem o trabalhador naquilo em que trabalha? Tenho visto o trabalho que Deus deu aos filhos dos homens, para com ele os exercitar' (Eclesiastes 3.1-10). Vocês nasceram pra fazer polícia! Um manual de como fazer polícia está contigo nas entrelinhas desse belíssimo livro (Charlie.Oscar.Tango)! Esse é o tempo de vocês, aproveitem, porque muitos querem, poucos tentam, alguns conseguem chegar aonde vocês estão. Parabéns!!! Deus vos abençoe ricamente pelo trabalho prestado ao nosso povo." 

Rodrigo Binder
Em 25/11/2010.

 

"Antes de ler o livro eu já queria ser do COT mas quando li o livro, comfirmei que esse é meu destino. Agradeço muito aos autores pelo livro, pois não é apenas um livro, é o melhor presente que eu poderia ganhar. Acho incrível o trabalho da PF juntamente com o COT. Não tenho mais palavras para descrever esse incrível documentario sobre o dia-a-dia desses incríveis guerreiros de DEUS. Um grande abraço, espero daqui a 8 anos ser um COTIANO e atuar ao lado de vocês." 

Bruno de Souza
Em 30/11/2010.

 

"Gostaria de parabenizar aos autores deste livro. Eu penso que deveríamos investir (nosso Ministério da Cultura que cuida de investimentos em arte e cinema) em um seriado que mostrasse à população a luta e a rotina desses guerreiros de valor. Anônimos que não vão para a mídia fazerem média e que no anonimato, nos garantem um mínimo de segurança a qual pagamos, temos direito 'garantido pela Constituição' e na maioria das vezes não temos...Fui vítima de assalto e roubo de cargas em uma ocasião de minha vida... Fiquei sem nada pois levararam meu caminhão, único patrimônio e ferramenta de trabalho que eu tinha na época... por pessoas que tinham o dever de me proteger (policial militar do estado do RJ), e poderia dizer que era uma quadrilha de policiais na ocasião, pois fui criado dentro do exército e conheço bem uma postura militar. Reconheci o cara quando ele foi preso em flagrante em outro crime de roubo de cargas que foi noticía em noticiário da TV aqui na região e ainda fui ameaçado e minha familia depois de mais de 10 anos do ocorrido. Tentei pedir proteção das polícias civil e militar e não obtive nenhuma resposta. Tentei na promotoria pública e a resposta foi que não tinha verba para garantir minha segurança e da minha familia... Que lei é essa??? Onde delinquentes têm mais direitos que pessoas de bem???? Está errado.... DIREITOS HUMANOS é para quem é DIREITO e cumpre as leis. Quem erra tem que perder os direitos.... Gastam fortunas para tranportar presos perigosos e não têm dinhero para garantir a segurança de cidadãos trabalhadores que recolhem impostos que nem perguntam se querem recolher ou se podem. Isso é vergonhoso... e tem que mudar...forças como vocês e as forças armadas têm que tomar a frente nisso, pois são a reserva MORAL do nosso BRASIL. Vejam o absurdo e o abuso que houve hoje em um quartel do Exército no Rio de Janeiro, que bandidos tentaram invadir para levarem armas, ou como se fosse um desacato ou afronta por ser a guarnição que deu apoio à invasão no Morro do Alemão. Pelo menos isso é o que foi a notícia que recebemos aqui... Pô, temos que acabar com isso.... Já falei demais, eu acho.... Parabéns pelos trabalhos realizados e continuem assim... gostaria de ter participado desse grupo.... A QUALQUER HORA, EM QUALQUER LUGAR, EM QUALQUER MISSÃO, À PÁTRIA, A VIDA.... Parabéns Senhores" 

Ricardo Augusto Magela
Em 13/12/2010.

 

"Muito bom o livro e não poderia ser diferente escrito por dois camaradas altamente qualificados e competentes, Força e honra!" 

Cabo Gasco
Caveira 152 BOPE/PMERJ

Em 26/12/2010.

 

"Li o livro em apenas um dia. SENSACIONAL!!! É nessas horas que temos orgulho das nossas forças policiais, que mesmo com recursos muito abaixo do mínimo necessário arriscam suas vidas para proteger o cidadão de bem. Parabéns aos autores por mostrar para nós um pouco de seu importantíssimo trabalho, muitas vezes realizado de forma anônima. " 

Marcos S. Rosi Filho
Em 27/12/2010.

 

"Gostaria de parabenizar esses heróis que às vezes no anonimato estão por aí salvando vidas e colocando bandidos atrás das grades. Queria ser como vocês. Parabéns!!!! Muito orgulho da Polícia Federal do meu País, mesmo estando há 8 anos morando nos EUA. Boa sorte!!! E obrigado por lutarem incancavelmente para por ordem no nosso País." 

Valmir Silva - Boston/EUA
Em 05/01/2011.

 

"Primeiramente, gostaria de parabenizá-los, Betini e Tomazi, pela excelente obra realizada por vocês. O nosso País carece de literatura de qualidade sobre assuntos policiais e militares, mas agora podemos contar com o excelente livro de vocês. Muito obrigado. Escolhi o ingresso na Polícia Federal como objetivo de vida. Ainda estou cursando Direito, mas desde já busco me preparar para os testes. Tudo que foi relatado na obra serviu como uma injeção de ânimo e motivação para que eu continue a me esforçar para atingir o meu tão sonhado objetivo. Parabéns a vocês e a todos os Policiais Federais responsáveis pela segurança de nossa sociedade." 

Fábio Martellini
Em 09/01/2011.

 

"Excelente obra, material impressionante! Sem dúvidas será de grande apoio e suporte para os futuros APF. Estou ancioso para ler uma segunda edição da saga dos cotianos. Parabéns a vocês Betini e Tomazi pela iniciativa!" 

Marcelo Almeida
Em 25/01/2011.

 

| Página Inicial |

 

© 2015 FABIANO TOMAZI | Todos os direitos reservados | ft@fabianotomazi.com.br